Em entrevista o padre católico afirmou se for necessário ele vai se unir aos evangélicos para protestar contra a aprovação do aborto

Padre Marcelo Rossi e evangélicos unidos contra o aborto

Atualizado: Terça-feira, 28 Fevereiro de 2012 as 9:48

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, o padre Marcelo Rossi se posicionou a respeito da legalização do aborto e afirmou que se for necessário ele vai se unir aos evangélicos para protestar contra o assunto.

O assunto voltou a repercurtir depois que a presidente Dilma Roussef elegeu Eleonora Menicucci como Secretária de Políticas para Mulheres. A nomeação causou desconforto a bancada evangélica que foi contra sua nomeação e ameaçou fazer o pedido para que ela fosse demitida jã que Menicucci é a favor da legalização do aborto no Brasil.

“Existem princípio que regem a igreja e, se forem violados, há mobilização. Se um candidato for a favor do aborto, não só eu, mas também setores evangélicos, vão se mobilizar contra”, disse o padre-cantor.

veja também