Em reportagem, jornal destaca o "modelo de negócios" adotado por Valdemiro Santiago

Folha de S.Paulo destaca "modelo de negócios" da Mundial

Atualizado: Segunda-feira, 16 Abril de 2012 as 9:30

O jornal Folha de S.Paulo publicou recentemente uma reportagem onde destaca o "modelo de negócios" adotado por Valdemiro Santiago na Igreja Mundial.

O texto que enfatiza a briga entre a Igreja de Valdemiro com a Universal e afirma que O “modelo de negócios” da Mundial é o mesmo da Universal: televisão e dízimos mas que a diferença está na ênfase milagreira da Mundial.

Atualmente a denominação de Santiago é a igreja neopentecostal que mais cresce no país. A igreja conta com 3.200 templos pelo Brasil -a Universal tem 5.000- e a mais extensa cobertura televisiva entre evangélicos. Só no Canal 21, são 23 horas de programação, além das duas horas diárias na Rede TV! e quatro na Band. Um gasto mensal de R$ 35 milhões em mídia, além disso, estima-se que 30% dos fiéis vieram da Universal, além de pastores atraídos pela expectativa de maior remuneração.

Para Ronaldo Didini, ex-integrante da cúpula da Universal e hoje responsável pela expansão internacional da Mundial, a chave do sucesso está na origem humilde: “Como Lula, ele tem carisma e fala a língua do povo. Ele não busca a sofisticação” diz ele a Folha de S.Paulo.

veja também