Em seu aniversário Pastor Samuel Ferreira afirma: vale a pena viver!

Em seu aniversário Pastor Samuel Ferreira afirma: vale a pena viver!

Atualizado: Segunda-feira, 23 Maio de 2011 as 11:58

Mais de uma dezena de parlamentares, entre senadores, deputados federais e estaduais e vereadores; centenas de pastores e presidentes de campos; prefeitos; e a Catedral da AD Brás lotada com pessoas vindas das mais diversas regiões e cidades paulistas participaram do Culto de Ação de Graças por ocasião do aniversário do pastor Samuel Ferreira que completou 43 anos de idade, em 21 de maio.

A cerimônia também contou com a presença de autoridades do governo, entre elas o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin e o prefeito da Capital, Gilberto Kassab. Houve ainda a visita do vice-presidente da República, Michel Temer. Com todos estes convidados, a solenidade foi marcada por inúmeros pronunciamentos, muita música e homenagens, como a do coral infantil que cantou ‘Se tu quiseres crer’ e do coral masculino que apresentou ‘Uma nova História’.

Períodos de orações feitas por importantes nomes da denominação, como o pastor Abner Ferreira, irmão natural do aniversariante, presidente da igreja Assembleia de Deus em Madureira (RJ) e da Convenção do Estado do Rio de Janeiro que na ocasião representou o bispo Manoel Ferreira, presidente da Convenção Nacional, também abençoaram a cerimônia, que teve um caráter bastante formal e congregacional.

Entre as personalidades do legislativo paulista municipal destacou-se a presença do presidente da Câmara de São Paulo, José Police Neto; do Parlamento paulista nomes como dos deputados Dilmo dos Santos, Fernando Capez, José Bittencourt, Rita Passos, Chico Sardelli; de Brasília os deputados Arlindo Chinaglia e Gabriel Chalita, além do senador Marcelo Crivella. Não faltaram palavras de apoio, falas amistosas e elogios ao trabalho realizado pelo reverendo Samuel Ferreira à frente de parte da maior denominação evangélica do Brasil.

Em sua fala, Geraldo Alckmin refere-se ao pastor Samuel Ferreira como seu amigo e diz que, como médico, sabe que pessoas que têm fé vivem mais. O governador paulista disse ainda que não poderia deixar de comparecer à cerimônia e que tem grande respeito pelo presidente da AD Brás.

Prefeito da Capital, Gilberto Kassab cumprimentou as autoridades, saudou a Igreja e os pastores presentes. Disse que Samuel Ferreira “é um líder admirável e quero parabenizá-lo por suas conquistas”.

Promotor, professor de Direito e deputado estadual, Fernando Capez disse que admira o trabalho de Samuel Ferreira, que também tem formação em Direito. Ele lembrou que a diminuição da criminalidade, recentemente divulgada pelo Governo de São Paulo, se deve ao trabalho dos evangélicos, especialmente da Assembleia de Deus que está em quase 100% das cidades paulistas. “Dentro da nação brasileira temos outra nação, a evangélica”, ressaltou Capez.

Marcelo Crivella arrancou risos e aplausos ao dizer que atravessou a rua para estar na festa de aniversário do pastor Samuel, em referência à Igreja Universal que fica na mesma Avenida Celso Garcia, do lado oposto e a poucos metros da Catedral da AD Brás. O senador citou dados estatísticos e pesquisas relativas aos evangélicos e disse que eles só revelam “quem somos, mas não o que queremos”. Crivella também destacou a importância do pastor Samuel Ferreira no cenário político e sua influência positiva sobre as autoridades governamentais e legislativas.

A pastora Keila Ferreira também falou em homenagem ao marido, disse que estava muito feliz e que na noite anterior já havia feito sua declaração de amor ao som de violinos. Ela citou a passagem do livro de Josué 1.7 e disse: “Samuel, esforça-te e fique firme fazendo a obra do Senhor”.

O pastor Abner Ferreira veio do Rio de Janeiro para saudar seu irmão e para representar o bispo Manoel Ferreira, autoridade máxima da AD Madureira. Em seu pronunciamento disse que irmão não se escolhe, mas amigo sim. “A melhor maneira de ter amigo é ser amigo. Eu e o Samuel somos muito amigos porque nós decidimos ser”, disse. Abner também deixou para reflexão Salmos 37.37 e 1º Samuel 25.6, textos que falam de paz.

Após todas as manifestações e homenagens, o pastor Samuel agradeceu às autoridades presentes, ao governador por sua amizade e à Igreja dizendo: “eu amo demais vocês”. Citou diversas passagens de sua vida e superações - como os problemas de saúde que teve em 2010 – e ao final de cada episódio descrito dizia: Vale a pena viver.

A noite foi encerrada com o tradicional ‘parabéns a você’, cantado por toda a Igreja, bolo e muita festa, com papel laminado picado que foi lançado sobre o altar.

veja também