Em viagem missionária a Portugal, bispo Macedo fala sobre perdão

Em viagem missionária a Portugal, bispo Macedo fala sobre perdão

Atualizado: Terça-feira, 21 Junho de 2011 as 2:32

Perdão. Este foi o tema da mensagem deixada pelo bispo Edir Macedo à multidão que esteve presente, neste último domingo (19), ao Cenáculo do Espírito Santo de Lisboa, Portugal. 

O bispo explicou que muitas pessoas estão sofrendo porque alimentam dentro de si um sentimento de mágoa contra alguém, porém trata-se de um sofrimento que nem Deus pode amenizá-lo, já que ninguém pode fazer com que essa pessoa seja livre, enquanto ela não decidir perdoar a quem o ofendeu. “ Quando temos uma mágoa, os céus ficam literalmente fechados para as nossas orações, o que impede Deus de ouvir e nos  responder.  Quando a pessoa guarda um sentimento dentro de si, ela entra em parceria com o mal, porque o perdão é de Deus”, ensinou. 

Ele também ressaltou que os malefícios desse sentimento refletem tanto na alma como no corpo de quem o carrega. “Se perguntar ao seu médico a correlação existente entre uma mágoa e a cura, ele vai lhe dizer que a primeira dificulta a segunda, pois o mesmo está comprovado cientificamente. Quando guarda uma mágoa, esta é como um câncer que vai aumentado e impede que você chegue até o Trono de Deus”, destacou. 

Citando o versículo 12 do capítulo 6 de Mateus que diz “Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores” , o bispo completou: “Muitos repetem estas mesmas palavras, no entanto, não perdoam, enganando-se a si mesmos, já que oram para serem perdoados. A sua dívida diante de Deus é impagável, mas quando pede o perdão , Ele perdoa. Só não obterá o perdão, caso não perdoe aquela pessoa que o ofendeu.” 

Antes de orar pelos presentes e buscar a plenitude da presença de Deus, o bispo enfatizou que a fé que agrada a Deus tem de ser pura, aliada a uma consciência limpa. “O perdão é tão importante que Jesus disse que não devemos perdoar apenas 7 vezes, mas sim 70 vezes 7, ou seja, o perdão tem que ser infinito. Quando mais você dá, mais você irá receber, sendo que o difícil não é receber, mas sim dar, pois não há salvação sem perdão”, finalizou.  

veja também