Entidade evangélica curitibana é investigada por fraude

Entidade evangélica curitibana é investigada por fraude

Atualizado: Terça-feira, 16 Agosto de 2011 as 12:35

 O Tribunal de Contas da União investiga um convênio assinado entre o Ministério do Turismo com a Sociedade Evangélica Beneficente de Curitiba. O contrato de R$ 4,4 milhões tem o mesmo valor daquele que deflagrou operação da Polícia Federal nesta semana, no Amapá, que terminou com 36 pessoas presas. Detalhe: o acordo foi firmado no mesmo dia do fraudado e tem o mesmo objetivo - treinamento de pessoas para ações turísticas.    

A denúncia foi publicada nesta sexta-feira, 12, pela Folha de São Paulo, em reportagem de Estelita Hass Carazzai.    

A Sociedade Evangélica Beneficente negou qualquer irregularidade no contrato e prestação do serviço. Em nota, a entidade informou que 'cumpre os ritos legais vigentes' e que os recursos repassados pelo governo são 'aplicados em suas finalidades específicas'.  

veja também