Escola de Ministros Rhema inclui nova matéria em currículo de estudo

Escola de Ministros Rhema inclui nova matéria em currículo de estudo

Atualizado: Quinta-feira, 31 Março de 2011 as 11:18

Este ano contamos com três Escolas de Ministros Rhema. A escola sede em Campina Grande, uma em Fortaleza e outra em Recife.

Os alunos recentemente foram edificados com uma matéria nova. Estamos falando da disciplina “Caráter e integridade”. As escolas receberam com alegria a professora Sylvia Lima, responsável por lecionar este assunto pela primeira vez.

Por anos, Sylvia atuou como diretora da escola sede em Campina Grande, então, ela conhece bem os bastidores deste treinamento, bem como necessidades específicas dos alunos, nesta área.

As suas aulas foram ricamente recheadas por testemunhos e fatos relevantes que fizeram com que ela não conseguisse apenas a atenção das turmas, mas impactou-as com relatos profundos e experiências marcantes que desenvolveu ao longo de mais de 10 anos atuando no ministério.

“As turmas estiveram muito envolvidas, tanto em Recife, quanto Fortaleza e Campina Grande. Foi uma experiência muito edificante para mim. Vejo que, hoje, os alunos estão mais conscientes da presença de Deus em sua vida. Essa matéria não é para que você venha a ensinar aos outros, mas para você corrigir os seus próprios erros”, afirmou a professora.

Os alunos receberam instruções práticas para viver uma vida de integridade, com um caráter que agrada a Deus. As aulas edificaram, instruíram e ajustaram os alunos que, certamente, foram encharcados pela unção que exorta, consola e edifica.  Veja abaixo um dos tópicos da matéria descritos pela própria Sylvia:

Sinceridade

“Uma coisa importante que percebo é que muitos não são sinceros com Deus, com as pessoas e nem consigo mesmos. Eles passam uma imagem de completa perfeição, ou de super-heróis, quando, de fato, ainda tem muitas áreas a serem tratadas, mas não tem a sinceridade de admiti-las. Sinceridade não é você não ter nenhum tipo de defeito, mas ser íntegro, ou desejoso de acertar e tratar seus erros assumidos.

Muitos pensam que porque um raio não caiu em sua cabeça, ou porque as conseqüências dos seus erros ainda não chegaram, Deus está aprovando aquela sua conduta. Mas, quando estamos errando e persistindo no erro, algo acontece dentro da gente e causa danos. Inclusive a falta de sensibilidade é um deles, a quebra da consciência que nos distancia de Deus. A sua consciência lhe acusa, mas você faz de conta que não está errado, simplesmente porque ninguém viu ou está vendo. Por essa razão, muitos acabam esfriando na igreja ficando sem motivação para servir no ministério que receberam do Senhor. Um dia a colheita chega!”  

veja também