Espanhóis promovem beijaço gay para receber o papa

Espanhóis promovem beijaço gay para receber o papa

Atualizado: Quinta-feira, 4 Novembro de 2010 as 11:15

Internautas espanhóis estão convocando homossexuais do país para um beijaço gay para receber o papa Bento 16, que visita a cidade de Barcelona neste próximo domingo (9).

O protesto está sendo convocado pelas redes sociais, para mostrar a insatisfação dos homossexuais com as declarações do papa, que pressiona governos de países católicos contra adoção de políticas gays, como a união civil entre pessoas de mesmo sexo.

No site de relacionamento Facebook, 1.500 pessoas já confirmaram presença na manifestação.  A comunidade diz: “Sem placas, sem bandeiras, sem gritos e sem slogans. Apenas beijar é permitido”.

Uma das organizadoras, Marylene Carole, disse diz que “é estranho que um ato tão nobre como beijar assim pareça revolucionário no século 21”.

Entre os espanhóis de 20 a 24 anos, apenas 7% vão à igreja, embora  51% se definam como católicos não-praticantes. A Espanha é um dos principais alvos das críticas do papa. O atual governo socialista do primeiro-ministro José Luiz Zapatero conseguiu aprovar a legalização do aborto e o casamento gay.  

veja também