Estado da Índia pode adotar lei anticonversão

Estado da Índia pode adotar lei anticonversão

Atualizado: Segunda-feira, 30 Março de 2009 as 12

O governo nacionalista hindu em Karnataka, um estado no sul da Índia, que registrou o segundo maior número de ataques contra cristãos no último ano, está planejando introduzir um tipo de lei "anticonversão" com o pretexto de parar a violência de anticristãos em outros estados. Iniciativas dessa natureza são designadas para impedir conversões naquele país.

Leis anticonversões já estão em vigor em cinco estados indianos: Orissa, Madhya Pradesh, Chhattisgarh, Himachal Pradesh e Gujarat - e suas implementações são esperada nos estados de Arunachal Pradesh e Rajasthan. Cinicamente nomeada de "Liberdade de atos religiosos", a lei procura conter as conversões religiosas com a alegação que foram feitas "à força ou com fraude".

O Dr. Sajan K. George, presidente nacional da base do Conselho Global de Cristãos Indianos (GCIC - sigla em Inglês), expressou angústia à respeito dos planos comunicados para introduzir a lei que tem história de abusos por hindus extremistas nacionalistas. Ele também demonstrou sua preocupação com a negligência do governo na perseguição de todos que tinham atacado os cristãos.

"Infelizmente, 2008 mostrou o pior tipo de regressão na nossa sociedade, como a igreja na Índia experimentou uma onda de violência e perseguição sem precedentes desde a origem do cristianismo na Índia há 2.000 anos", disse Dr. George, referindo-se a um aumento repentino de ataques de anticristãos em vários estados da Índia, principalmente em Karnataka e ao leste do estado de Orissa, no último semestre do ano.

Há um temor dentro da comunidade cristã que esta perseguição possa crescer ainda mais. "Karnataka registrou pelo menos 112 ataques, ao longo dos 29 estados em 2008, e pelo menos mais 10 incidentes semelhantes foram registrados este ano", disse o Dr. George. O número de cristãos é pouco mais que 1 milhão dos 52.8 milhões da população de Karnataka.

Entre os distritos mais tensos em Karnataka estão: Mangalore, Bangalore e Davangere, de acordo com o Dr. George. Os distritos de Chikmagalur, Chitradurga, Belgaum, Tumkur, Udupi, Shimoga, Dharwad e Kodagu são também potencialmente instáveis. O GCIC registrou que em 11 de janeiro, hindus extremistas nacionalistas invadiram as casas de cristãos convertidos em Amrthmahal Kavalu, região próxima à cidade de Tiptur no distrito de Karnataka Tumkur, agrediram verbalmente quatro cristãos e queimaram suas bíblias. Os nove hindus ameaçaram colocar fogo na casa se os cristãos continuassem a cultuar no Calvary Gospel Centre.

veja também