“Estamos morrendo por falta de esperança”, diz Max Lucado sobre aumento do suicídio nos EUA

Max Lucado afirma que para os cristãos, há esperança de queJesus voltará para buscar os seus.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Domingo, 19 Agosto de 2018 as 10:17

O pastor afirma que a falta de esperança está sendo causada pela ascensão do secularismo. (Foto: The Christian Post / Edward Shih).
O pastor afirma que a falta de esperança está sendo causada pela ascensão do secularismo. (Foto: The Christian Post / Edward Shih).

Pastor e escritor Max Lucado disse que o aumento dramático no suicídio, nas últimas duas décadas, é parcialmente devido à falta de esperança decorrente da ascensão do secularismo em todo os EUA. Falando no lançamento de seu novo livro no Museu da Bíblia, Lucado disse que vivemos em uma sociedade "onde alguém colocou uma lipoaspiração em nossa esperança e sugou".

"Acho que é o preço que pagamos pelo secularismo", disse ele, explicando que o secularismo promove a ideia de que "toda a vida é o que acontece entre o nascimento e a morte". Ele complementa: "Não há poder divino, não há razão para estar aqui, não há razão para viver", disse ele.

"Essa visão do mundo suga a esperança de você e cria uma sociedade amarga", advertiu Lucado. "Nos perguntamos por que a taxa de suicídio aumentou 24% desde 1999. Isso é uma epidemia", disse ele. "Eu sei que é uma questão complexa, e eu não quero mais simplificar isso, mas parte do motivo é que estamos morrendo por falta de esperança. Simplesmente não há esperança. Mas se você pode ter esperança, você muda o mundo".

"Nós, como cristãos, acreditamos que não fomos feitos para viver com câncer, doenças, amargura e hostilidade. Alguém está vindo para nós", disse ele. "Há uma missão de resgate acontecendo, e isso apenas eleva meu espírito. A vida pode ser difícil, mas se eu acreditar que alguém, algum dia virá, isso me dá esperança. A esperança muda tudo", ressaltou.

Promessas de Deus

Lucado enfatizou que todos nós construímos nossas vidas, seja nos problemas da vida ou nas promessas de Deus. "Acredito que, para cada problema na vida, há uma promessa de Deus", disse ele. "Você se sente sozinho? Deus te fez uma promessa, eu estarei com você sempre, até o fim da terra".

“Você precisa de alguém para falar por você? Jesus faz a promessa, Ele está à direita de Deus e Ele também está intercedendo por nós. Uma das minhas promessas favoritas é encontrada no livro dos Salmos: 'O choro pode durar a noite toda, mas a alegria vem de manhã'. O manhã virá. Não tão depressa quanto queremos".

Para ilustrar seu argumento, Lucado contou a história de Maria Madalena, uma mulher que tinha sete demônios dentro dela antes de se encontrar com Jesus. No entanto, apesar de seu passado conturbado, ela viajou com Jesus como um dos seus seguidores e foi uma testemunha de sua crucificação, sepultamento e ressurreição.

"A alegria vem quando Jesus vem", disse ele. "E se nós não entendermos a princípio, tudo bem. Se nós não O reconhecermos a princípio, tudo bem, Ele permanecerá até conseguirmos. Seu nome não está enterrado em algum arquivo celestial. Deus não precisa de crachá para se lembrar de você. Você é tudo para Deus", finalizou.

veja também