Estevam Hernandes compara emoção na Marcha a arrebatamento da Igreja

Estevam Hernandes compara emoção na Marcha a arrebatamento da Igreja

Atualizado: Sexta-feira, 28 Maio de 2010 as 12:53

A Marcha Para Jesus, maior evento cristão do mundo, está próxima. A menos de uma semana do evento, a expectativa e os preparativos estão a todo vapor. Após o café da CIEAB desta quarta-feira, 27 de maio, que aconteceu no Espaço renascer, bairro da Mooca, em São Paulo (SP), foi realizada coletiva de imprensa sobre a marcha.

Na coletiva, compareceram o apóstolo Estevam e bispa Sônia Hernandes, bispa Fernanda Hernandes, bispo Gê, vereador de São Paulo Marcelo Aguiar (PSC), e apóstolo Sardinha. Confira:

Dificuldade para unir os ministérios no início

Ap. Estevam Hernandes - "Encontramos dificuldades porque nós convivemos com o problema da desconfiança. As pessoas precisavam ver acontecendo para aderir. Nunca houve resistência do povo, e sim da liderança, mas isso caiu por terra e hoje somos unidos no mesmo propósito".

Bispo Gê - "O legal da união dos ministérios é que o senador Marcelo Crivela (PRB-RJ), que é da Universal do Reino de Deus, foi quem criou a lei que instituiu o dia nacional da Marcha para Jesus".

Custos, verba e auxílio da prefeitura

Marcelo Aguiar - "O que a prefeitura faz são as licitações de palco, som, mais nada além disso. Alguns anos conseguimos coisas melhores, em outros, nem tanto. Esse ano, por exemplo, o palco é excelente. Também temos apoio da secretaria de transportes, e da Endurb na limpeza".

Ap. Estevam Hernandes - "Não há nenhuma igreja que nos ajude na parte financeira, nem na organizacional".

Número de vidas resgatadas em Marchas

Ap. Estevam Hernandes - "Nós fazemos as ministrações em momentos adequados e realizamos até batismos em Marchas. Não temos números estatísticos, mas temos relatos de vários testemunhos. Teve um que o rapaz estacionou o carro dele e foi na padaria, quando voltou nós havíamos passado e ele já não conseguia mais sair com o carro. Depois de nos xingar de tudo quanto é nome, ele resolveu seguir os trios elétricos. Hoje, ele e toda a família são salvos".

Emoção em realizar cada edição da Marcha para Jesus

Ap. Estevam Hernandes - "Minha emoção em uma marcha é a mesma do arrebatamento da Igreja. É maravilhoso ver milhares de vidas unificadas glorificando ao nome do mesmo homem, Jesus. A marcha é parte da minha vida".

Momento marcante

Ap. Estevam Hernandes - "A segunda Marcha, que era o percurso da Avenida Paulista me marcou bastante. No dia anterior choveu demais. Era chuva torrencial e temperatura de 9°C. Nós achamos que ia parar e não parou. Achei que ninguém ia aparecer. De repente as pessoas começaram a aparecer e juntou aquela multidão. A gente via pais com filhos pequenos no colo. A chuva apertava e todo mundo continuava. A manifestação do amor a Cristo nos marcou".

Novas bandas e patrocínio

Marcelo Aguiar - "Também não há patrocínio para a parte musical. Neste ano, o apóstolo Estevam está dando oportunidade para bandas que nunca participaram da Marcha para Jesus, como o Leonardo Gonçalves, por exemplo, que é da adventista e irá participar pela primeira vez. É assim mesmo, eu, durante dois anos seguidos, não cantei na Marcha, mas nós sabemos que as vezes é para dar espaço a outros ministérios".

Bispa Sônia - "Ano passado o Renascer Praise também não cantou".

Ap. Estevam Hernandes - "Eu louvo a Deus por essa consciência do Marcelo Aguiar e do Renascer Praise".

Expectativa de público

Ap. Estevam Hernandes - "Eu, pessoalmente, espero três milhões de pessoas. Não digo cinco milhões porque há controvérsias. Se é um outro evento e participam dois milhões de pessoas, vão dizer que participaram 5 milhões, mas na Marcha para Jesus se participam cinco milhões, vão dizer que eram dois milhões".

Ministrações e pregadores de outros ministérios

Ap. Estevam Hernandes - "Ano passado, nos intervalos, colocamos diversas ministrações de cinco a 15 minutos. Já tivemos Jabes de Alencar, Marcos Witt, e outros, ministrando. É difícil chamar alguém de longe para pregar em 15 minutos, e quando falamos em tradução simultânea o tempo dobra, então é complicado, mas não há restrições de ministérios".

Milagres na Marcha

Ap. Estevam Hernandes - "Há muitos relatos de milagres que aconteceram na Marcha. O nascimento da minha neta foi no dia de uma Marcha. O próprio Marcelo Aguiar é fruto de oração de uma Marcha".

Bispa Sônia - "Casamentos, reconciliações, mulheres estéreis. Teve mulher que foi na Marcha e saiu de lá com um marido".

Ap. Estevam Hernandes - "De todas as dores que chorei, glorifico a Deus pelos mais de 20 milhões de pessoas em Marchas para Jesus em todo o mundo".

Por Juliana Simioni

veja também