Estevam Hernandes: "O Brasil será o maior país evangélico do mundo"

Estevam Hernandes: "O Brasil será o maior país evangélico do mundo"

Atualizado: Sexta-feira, 4 Junho de 2010 as 1:17

A 18ª Marcha para Jesus, organizada pela Igreja Renascer em Cristo, aconteceu no último feriado nacional, 3 de junho/ Corpus Christi, que se tornou por lei data oficial do evento. Segundo a Polícia Militar, compareceram ao local dois milhões de pessoas, dentre elas, idosos e crianças, que caminharam d o Metrô Tiradentes até a Praça Heróis da FEB, na zona norte de São Paulo.

Embalados pelo aquecimento dos 13 trios elétricos que iam acompanhar o trajeto, os fiéis comemoravam a conquista de uma data oficial, cantando em coro: ''É sensacional, a marcha agora tem um dia oficial''.

O contrabaixista do Renascer Praise, Hebert Bispo, conta que trouxe seu filho de cinco meses e explica porque é importante que os pais tragam as crianças para a caminhada. ''É, na realidade, profetizar sobre a vida dos seus filhos que eles vão ser servos de Deus. A Palavra do Senhor fala para ensinar o caminho que os filhos devem andar, e eu tenho certeza que daqui a 15, 20 anos meu filho vai estar aqui também, marchando para Jesus''.

O diácono e líder de jovens da Comunidade Plena Adoração, Celso Rufo, participa da marcha há três anos e fala que embora o evento seja organizado pela igreja Renascer, não é somente para os membros de lá. ''A Marcha é feita pelo corpo de Cristo e por Cristo. Você vê aqui hoje muitos evangélicos com o propósito de seguir Jesus, independentemente da denominação''. E, como líder de jovens, da importância deste evento para eles: “O entusiasmo que eles têm de vir para marcha e a alegria que eles têm ao longo da caminhada é voltado para Deus e isso ajuda a gente mantê-los cada vez mais envolvidos e presentes em todos os eventos que a gente faz na igreja''.

O apóstolo Estevam Hernandes e sua mulher, bispa Sônia estavam no trio principal que puxava a caminhada. Ao lado deles, pessoas conhecidas como o deputado federal do DEM, bispo Gê Tenuta, o pastor Jabes de Alencar da Assembleia de Deus, a pastora Caroline Celico - mulher do jogador de futebol da seleção brasileira Kaká - a cantora Sula Miranda e a banda Renascer Praise.

A multidão verde e amarela (cor da camiseta oficial da Marcha para Jesus 2010) pode fazer seus pedidos de uma maneira diferente este ano. De cima do trio, o apostolo jogava palmilhas nas quais os fiéis escreviam seus pedidos e colocam dentro do sapato. ''A Palavra de Deus fala que onde nós colocarmos a planta dos nossos pés, o Senhor nos dará como possessão. Então todo ano nós colocamos os nossos pedidos no tênis. A palmilha este ano foi só para facilitar, porque já está no formato do sapato é só escrever os desafios e colocar no calçado'', explica a pastora Paula Moreira, da igreja Renascer.

Foi o sexto ano que Renata Araújo compareceu ao evento e, para ela é sempre uma bênção: ''Eu faço os pedidos, coloco no meu tênis e Deus me concede, para não dizer todos, a maioria. Este ano coloquei a palmilha que o apóstolo Estevam distribuiu e eu creio que já alcancei a vitória em Cristo''. Hildete de Carvalho, também da Renascer, conta que para ela a Marcha serve para abrir o mundo espiritual: ''a gente vai marchando como se estivesse abrindo o Rio Jordão, como se tivesse abrindo as águas, abrindo o mar. Deus vai na frente, dando soluções para nossos problemas''.

Ao som de ritmos variados, a banda Renascer Praise animava a multidão, que seguia o trio. Entre uma música e outra, o apóstolo Estevam Hernandes agradeceu por Deus ter derrubado todas as barreiras que estavam dificultando a realização do evento: ''Nós declaramos que todos os obstáculos espirituais vão cair por Terra e que o Brasil será o maior país evangélico do mundo''. Ele também ora pelas famílias, para que elas vivam os milagres de Jesus. ''Em nome de Deus, eu levanto o poder de cura e ressurreição. Deus abençoe todos aqueles que estão hospitalizados''.

Próximo ao fim do trajeto, sob a Ponte das Bandeiras, o apóstolo ora pelas águas do rio Tietê. ''Para que elas sejam purificadas: Levante as suas mãos e peça para Jesus quebrar todo o tipo de destruição'', e continua ''o Brasil não está debaixo das drogas, da doença. Está debaixo do poder de Deus.  Nós declaramos que depois dessa Marcha, este país não será o mesmo. Declaramos toda a sorte de bênçãos para São Paulo e que esta terra seja bendita''.

Por: Débora Padoin Malva

veja também