Estevam Hernandes parabeniza Regis Danese em café de aniversário da Cieab, na ExpoCristã 2009

Estevam Hernandes parabeniza Regis Danese em café de aniversário da Cieab, na ExpoCristã 2009

Atualizado: Sexta-feira, 11 Setembro de 2009 as 12

Por Felipe Pinheiro - www.guiame.com.br

Na manhã dessa quinta-feira, 10, a Cieab - Confederação das Igrejas Evangélicas Apostólicas do Brasil -, completou quatro anos. A celebração, que aconteceu no palco da Expo Cristã, teve entre os destaques a presença do presidente da organização, o apóstolo Estevam Hernandes. "Poder estar aqui junto e ver a Cieab tão fortalecida é uma grande bênção", disse ao Guia-me o líder da Igreja Renascer em Cristo.

Entre os convidados, estiveram representantes de diferentes denominações, os quais traduziram o propósito da entidade de amparo aos diferentes ministérios; a confraternização. Segundo o vereador Marcelo Aguiar (PSC), ministro de louvor da Igreja Renascer em Cristo,  "um evento como esse traz tantos líderes e mostra realmente a vontade do Senhor que é essa comunhão".

Em abertura do evento, o pagodeiro Salgadinho cantou "Recebi Um Novo Coração". "Eu vim participar do ministério da Cieab, esse que é um pedaço da gente. A grande novidade é podermos servir ao Reino".

"Eu vejo que a Cieab é de Deus. O tempo está passando muito rápido, então não temos que perder tempo. Temos que nos unir como corpo de Jesus e mostrar que vencemos tudo", ressaltou Mara Maravilha que junto com Regis Danese cantou "Restaura Minha Casa". 

Embora tenha apenas quatro anos, para o bispo Carlinhos Viana, o presidente executivo da entidade, a confederação tem muito o que comemorar. "Cada igreja que começou há quatro, três anos atrás, temos com alegria visto o crescimento, a expansão e a inauguração de novas igrejas e novos líderes. Isso é realmente algo que traz uma satisfação muito grande", afirmou.

Pela primeira vez como parte do calendário de atividades da Expo Cristã, o aniversário da organização teve o diferencial de ter os dirigentes presentes, o apóstolo Estevam Hernandes e a Bispa Sônia Hernandes, uma vez que ambos retornaram da Flórida (EUA) no início do mês de agosto após mais de dois anos de reclusão.

"Estamos há três anos vendo o ap. pelo telão. Agora eles estão próximos. Percebemos que a comunhão não conhece distância. Agora estamos recebendo diretamente essa bênção e vendo o crescimento da Cieab que é um crescimento de vida, espontâneo. É uma conquista", comemorou o bispo Betão, da Igreja Renascer em Cristo.

O evento ainda teve a ministração do Ap. Estevam Hernandes baseada no monte do Senhor - local aonde se alcança a provisão de Deus -, a unção pastoral, de presbitério e apostolado derramada sobre associados da Cieab e a realização da santa ceia.

Nessa sexta-feira, 11, a homenagem será prolongada com uma sessão solene na Assembleia Legislativa, a partir das 19h30, no plenário Juscelino Kubsticheck (SP). O evento terá a presença dos 25 líderes evangélicos que compõe a diretoria da Cieab, além do apóstolo Estevam Hernandes.

Regis Danese e Estevam Hernandes

"Nós ainda vamos ver muitos servos de Deus invadindo o mundo secular com a música cristã", disse o ap. Hernandes em referência a Regis Danese. O líder da Igreja Renascer ainda revelou a surpresa que teve ao ligar a TV e se deparar com o participante Carlinhos do reality show A Fazenda cantando a música "Faz um Milagre em Mim". "Eu quero profetizar: Deus vai te usar para levar o Evangelho a lugares não alcançados. (...) O seu sucesso é o sucesso do Corpo de Cristo", afirmou o apóstolo.

No estande do Guia-me, na Expo Cristã 2009, Regis Danese falou em entrevista exclusiva sobre a oportunidade de louvar a Deus diante de líderes evangélicos. "É uma importância muito grande estar perante esses homens, líderes de Deus. Eu tive vontade de estar aqui algumas vezes, mas eu não era convidado. Tudo acontece no tempo certo.É Deus preparando a nossa vida espiritual. Como ele vai te entregar uma bênção se você não está preparado?", salientou.

O cantor ainda relembrou a dificuldade que sentia ao falar em público. "Eu sempre fui muito vergonhoso, nunca gostei de microfone. Mas pela misericórdia, hoje Deus tem me usado e eu estou falando aqui. Graças a Deus a timidez foi ficando de lado", disse Regis.

veja também