Estive com Deus e o diabo, mas Deus ganhou, diz mineiro

Estive com Deus e o diabo, mas Deus ganhou, diz mineiro

Atualizado: Quarta-feira, 13 Outubro de 2010 as 9:35

O segundo mineiro retirado da galeria a 700 m  de profundidade na mina San José, em Copiapó, é o mineiro Mario Sepúlveda Espinace. O eletricista saiu da cápsula muito emocionado, carregando uma sacola com "presentes" do fundo da mina. "Estive com Deus e com o diabo. Os dois brigaram e Deus venceu", disse ele ao deixar a mina, segundo a BBC Brasil.

  "É íncrível que a 700 metros de altura, e sem nos ver frente a frente, eles conseguiram nos recuperar. Nós fizemos um pouco de nossa parte, um pouco de loucura, esse coração de mineiro que temos, a experiência de trabalhador. Mas todo o resto se deve aos profissionais", disse Sepúlveda.

  "Estou muito feliz de estar aqui, nunca tive dúvidas sobre os profissionais que o Chile tem. Nunca duvidei disso. E em termos de fé, sempre tive fé no Criador", afirmou o mineiro, segundo a BBC.

  Sepúlveda iniciou sua subida à 0h55 para chegar ao exterior do túnel exatos 14 minutos depois. Depois de presentear alguns socorristas, ele abraçou diversas vezes o presidente Sebastián Piñera, cumprimentou vários membros da equipe de resgate, entoou palavras de ordem e só então foi conduzido pelos paramédicos para o hospital de campanha onde realizaria exames médicos.

  Após dar muitas risadas com o presidente e com os diversos funcionários que o receberam, Sepúlveda puxou a "torcida" presente aos gritos de "Chi, Chi, Chile". Sepúlveda, 39 anos, é casado, pai de dois filhos, e ficou conhecido durante os mais de dois meses de confinamento como um porta-voz nos vídeos enviados pelos mineiros.

   Antes de Sepúlveda, Florencio Ávalos, 31 anos, foi o primeiro homem retirado das profundezas da mina. O resgate foi concluído às 0h10 desta quinta-feira, após 15 minutos de operação. Na sequência serão resgatados Juan Illanes Palma e o boliviano Carlos Mamani.

   Ávalos, casado e com dois filhos, é o capataz da mina e segundo em hierarquia depois do chefe de turno, Luis Urzúa. Não gosta de aparecer e trabalhou gravando a maioria dos vídeos difundidos do interior da mina. Estão presos com Florencio seu irmão Renán e o cunhado Osman Araya.

   A operação de resgate começou efetivamente às 23h20 local (Brasília) de terça-feira, com a descida de Manuel González pelo duto, após Piñera lhe desejar pessoalmente "muito boa sorte" na boca do poço. Os familiares dos mineiros aplaudiram e cantaram o hino nacional quando teve início a descida da cápsula Fenix. Dezesseis minutos depois, a cápsula de resgate chegou ao fundo da mina, e Manuel González foi recebido com abraços e aplausos pelos 33 mineiros.  

veja também