Estreia primeiro filme de ficcção evangélica do Acre

Estreia primeiro filme de ficcção evangélica do Acre

Atualizado: Sexta-feira, 19 Março de 2010 as 12

No title O fim de semana será movimentado na área cultural em Rio Branco (AC), com atrações para todos os gostos. Os cineastas Gilberto Trotamundos e Guilherme Francisco lançam neste sábado, 18, às 18 horas, no Sesc/Centro, os documentários "Transformando Lixo em Dinheiro" e "Não Negarei". O primeiro, idealizado e concebido por Gilberto Trotamundos, tem duração de 26 minutos e relata o trabalho do Projeto Catar, que reúne caletores de resíduos sólidos na capital acreana, além de denunciar o descaso com a deposição adequado do lixo. "A obrigação de não deixar o lixo espalhado por aí é também das pessoas", diz o autor, que junto com a esposa, Dirla Paula, faz a narração do documentário. O vídeo foi produzido com recursos do Fundo de Desenvolvimento da Cultura, apoiado pela Fundação Garibaldi Brasil.

"Não Negarei" é uma produção independente, totalmente custeada pelo próprio diretor, o experiente cineasta Francisco Guilherme. Com duração de 10 minutos, trata-se de uma ficção evangélica que conta a história de um pastor e seu filho mortos por pregarem a Palavra de Deus em um país remoto que não acredita no cristianismo. "É o primeiro filme de ficção evangélica do Acre", disse Guilherme, que tem no currículo, entre outros trabalhos, produções como "Câmera no Ombro", que também será apresentado no Sesc e relata as dificuldades dos profissionais do cinema acreano. Guilherme é também produtor e diretor de "A Rota é por Aqui"; "Retratos da Vida"; "Samu 192 - Salvando Vidas";  "Marcas",  em VHS; "A Expedição" e "Nunca Serei sua Mulher".

Gilberto e Guilherme são dois conhecidos e experientes ativistas culturais do Acre. O primeiro ficou conhecido pelos livros e documentários produzidos a partir de suas viagens de bicicleta por vários países. Guilherme usa a arte para denunciar situações como o tráfico de droga, em "A Rota é por Aqui", e o abuso sexual de menores, em "Nunca Serei sua Mulher". "Transformando Lixo em Dinheiro" será distribuído em escolas.

Por Edmilson Ferreira    

veja também