Estudante processa professor ateu nos Estados Unidos

Estudante processa professor ateu nos Estados Unidos

Atualizado: Sexta-feira, 19 Fevereiro de 2010 as 12

Nos Estados Unidos, o estudante cristão Chad Farnan entrou com processo na Justiça contra o professor dele de história, James Corbett, alegando que ele fazia citações em aula desrespeitando a religião do aluno. Corbett, segundo Farnan, dizia que a Teoria do Criacionismo era algo sem fundamento.

O estudante entrou com o processo contra o professor em 2007 e ganhou a causa 1 ano e meio depois. O juiz federal James Selna entendeu que o professor violou a Primeira Emenda, que proíbe o governo de estabelecer qualquer religião com leis.

O processo citou mais de 20 declarações feitas por Corbett durante um dia de aula, todas gravadas por Farnan, para apoiar alegações de um método de ensino que ''favorece ateísmo sobre a religião''.

O advogado do professor disse que o seu cliente ensina há 15 anos, não é anti-cristão e que não pretendia ofender os estudantes, mas apenas estimulá-los a pensar.

veja também