Estudante protesta contra a remoção de cartaz cristão nos EUA

Estudante protesta contra a remoção de cartaz cristão nos EUA

Atualizado: Sexta-feira, 7 Fevereiro de 2014 as 3:21

Estudante Responde a remoção de cartaz cristãoRecentemente, um professor da Escola Independent de Rusk (TX), nos EUA foi "convidado" a retirar um cartaz contendo um versículo bíblico. A exigência feita por parte da igreja tem sido contestada por um aluno, o estudante Cameron Franks.
 
O rapaz está vendendo camisetas com dizeres que apoiam o professor cristão.
 
O cartaz que causou tal polêmica trazia consigo a passagem de Romanos 1:16: "Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê , primeiro do judeu , e também do grego. " no cartaz , a Escritura vem na forma de uma cruz. Logo abaixo da passagem bíblica, está escrito: "Este cartaz é ilegal em 51 países". 
 
O estudante também teria contactado a "Freedom From Religion Foundation" ("Fundação da Liberdade Religiosa"), denunciando o ocorrido em Rusk (TX).
 
O Superintendente Distrital, Scott Davis disse que o cartaz foi removido por uma suposta violação da "Cláusula de  Estabelecimento da Constituição".
 
Franks disse que se sentiu compelido a falar.
 
"Eu não achei que isso fosse uma boa idéia no começo, mas depois eu pensei: ' Quer saber? Eu não me importo mais'. Estou cansado disso. Estou cansado de me esconder no canto. Eu vou fazer isso, e eu vou ver como as serão as reações. Se forem negativas, que assim seja e se positivas que assim seja também", disse.
 
Até agora, mais de 2.000 camisas foram vendidas por Frank.
 
Com informações do ChristianHeadLines.com 
 
*Tradução por João Neto

veja também