Estudantes de outras religiões procuram por faculdades de Teologia

Estudantes de outras religiões procuram por faculdades de Teologia

Atualizado: Quarta-feira, 1 Dezembro de 2010 as 9:06

Encarada como a faculdade para quem quer ser padre, a Teologia vem sendo cada vez mais procurada por estudantes de outras religiões, que querem se aprofundar no conhecimento. Conhecedores da área dizem que somente metade dos matriculados no curso tem como objetivo seguir a vida eclesiástica; os demais pretendem entender mais sobre a religião que seguem.

Alexandre Farias Torres se formou em 2008 no curso de Teologia à distância da Faculdade Teológica e Apologética Cristã Dr. Walter Martin. Mesmo pastor da Igreja Evangélica, ele também se dedica ao jornalismo, em revistas e sites voltados a religião. Também blogueiro, Alexandre criou dois espaços na internet com o objetivo de debater questões teológicas, o "Café Teológico e Apologético" e "Blog do Alexandre Farias", têm mais de 36 mil visualizações mensais.

Matthias Grenzer, coordenador da pós-graduação em Teologia da PUC-SP, afirma que apesar de a faculdade da universidade paulista ser direcionada para a Igreja Católica, alunos com diferentes crenças frequentam as salas de aula: "Metade dos nossos alunos tem o desejo de se tornar padres ou freiras. Mas a outra metade são de leigos, que já são engajados em trabalhos para a igreja católica e que buscam um estudo crítico sobre sua fé cristã, e de alunos de outras religiões", explica. Para Matthias, é a tradição de estudo do catolicismo que atrai adeptos de outras crenças: "O aluno que cursa nossa faculdade não precisa ser necessariamente católico".

Muitos aspirantes a teólogos têm encontrado cursos sobre suas próprias religiões. "No Brasil, existem mais de 70 cursos de Teologia das mais variadas religiões. Há, por exemplo, curso de evangelho, curso de umbanda e curso luterano", exemplifica Matthias.  

veja também