“Eu jogo tentando glorificar a Deus”, testemunha o golfista número 1 do mundo

Scottie Scheffler venceu o Masters 2022 no domingo (10) e revelou como sua fé influencia seu desempenho em campo.

Fonte: Guiame, com informações de Sports Spectrum Atualizado: segunda-feira, 11 de abril de 2022 19:21
Scottie Scheffler venceu o Masters 2022 no domingo (10). (Foto: Twitter/The Masters).
Scottie Scheffler venceu o Masters 2022 no domingo (10). (Foto: Twitter/The Masters).

Neste final de semana, nos Estados Unidos, Scottie Scheffler venceu o torneio Masters 2022, se tornando o melhor golfista do mundo. Após seu primeiro grande título no esporte, o atleta testemunhou como a fé influencia seu desempenho em campo.

No Augusta National Golf Club, na Geórgia, Scottie iniciou na liderança e se manteve forte durante toda a competição. O golfista derrotou os adversários e se tornou o campeão da Masters, um dos principais campeonatos de golfe profissional.

A conquista foi comemorada junto com sua esposa Meredith e grande parte de seus familiares. No discurso da cerimônia de premiação, Scottie agradeceu o apoio recebido por sua família. 

“Eu tenho um ótimo sistema de apoio e sou muito abençoado”, disse Scheffler, em meio às lágrimas. “Estou muito agradecido pelos sacrifícios que meu sistema de apoio fez por mim e estou muito feliz por podermos aproveitar este momento juntos”.

Mais tarde, em entrevista coletiva à imprensa, Scottie foi questionado sobre como ele lidava com o desejo de competir sem deixar que seu desempenho definisse quem ele era. Então, o golfista revelou que a fé cristã é o que motiva sua carreira esportiva.

“A razão pela qual eu jogo golfe é que estou tentando glorificar a Deus e tudo o que Ele fez em minha vida”, declarou ele. 

“Então, para mim, minha identidade não é uma pontuação de golfe. Como Meredith me disse esta manhã: 'Se você ganhar este torneio de golfe hoje, se você perder este torneio de golfe por 10 tacadas, se você nunca mais vencer outro torneio de golfe, eu ainda vou te amar, você ainda vai ser a mesma pessoa, Jesus te ama e nada muda'. Tudo o que estou tentando fazer é glorificar a Deus e é por isso que estou aqui e é por isso que estou nesta posição”.

O golfista também testemunhou como a presença de Deus trouxe paz e tranquilidade durante o campeonato. “Meredith sempre ora por paz porque é isso que eu quero sentir no campo de golfe, é paz e diversão e apenas sentir sua presença. Então, essa é a oração dela todos os dias. Essa é a minha oração e eu realmente senti isso hoje. Me senti em paz”, disse.

Mas, Scottie revelou que só se sentiu tranquilo depois que confiou e entregou tudo a Deus no domingo (10). 

“Chorei como um bebê esta manhã. Eu estava tão estressado e me senti sobrecarregado. Eu não sabia o que fazer. Eu estava sentado lá dizendo a Meredith: 'Acho que não estou pronto para isso. Não sinto que estou pronto para esse tipo de coisa”, contou. 

“Meredith me disse: 'Quem é você para dizer que não está pronto?’. E então falamos que Deus estava no controle e que o Senhor estava me guiando; e se hoje era a minha hora, seria a minha hora. E de alguma forma eu iria usar [minha vitória] para sua glória”.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições