"Eu tenho orado pelo arrependimento dele" diz mãe de Eliza Samúdio sobre ex goleiro Bruno

"Eu tenho orado pelo arrependimento dele" diz mãe de Eliza Samúdio sobre ex goleiro Bruno

Atualizado: Segunda-feira, 6 Junho de 2011 as 12:14

Sônia Moura, mãe de Eliza Samúdio, que desapareceu depois de ter alegado um filho do ex-goleiro do Flamengo, Bruno de Souza, disse que não tem ódio dele e que diria ao ex-goleiro que buscasse a Deus.

“O que eu falaria para ele? Eu não tenho ódio do Bruno, eu não tenho mágoa. Deus tirou esse sentimento do meu coração. Eu falaria que eu tenho orado pra ele e que ele venha realmente a se arrepender de tudo o que fez, porque ele sabe o que fez.

Enquanto o Bruno não fizer reconciliação com Deus, não pedir perdão, não vai ter paz

Moura, que é evangélica e mora em Mato Grosso do Sul, não tem esperanças de encontrar a filha viva, “as minhas esperanças já se acabaram há muito tempo. Os últimos acontecimentos só vêm a confirmar o que eu já sentia. Eles não falaram o que foi feito, mas com certeza eles mataram ela, disso não tenho dúvida.”

Segundo Moura, a filha Eliza já morreu “porque sabia demais.”De acordo com o ex-colega de cela de Bruno o corpo de Eliza Samudio foi queimado.

Sônia, no último ano, emagreceu 25 quilos e precisa de medicamentos para dormir. “Os dias são muitos bons, mas quando chega a noite, é muito doloroso,” disse.

Ex- goleiro do flamengo foi apontado como o mentor do desaparecimento e morte de Eliza Samudio, com quem teve um relacionamento em 2009. A jovem o havia acusado de agressão e tê-la forçado a tomar substâncias abortivas quando estava grávida.

Bruno se recusou a fazer o teste para comprovar a paternidade da criança.    

veja também