“Eu tirei minha própria vida e Deus me devolveu”, diz cantor que sobreviveu a suicídio

Eddie Anders lutou contra a depressão, depois de ser considerado muito velho para ser relevante como ministro de louvor.

Fonte: Guiame, com informações de God TVAtualizado: quarta-feira, 15 de dezembro de 2021 13:21
Eddie Anders lutou contra a depressão e pensamentos suicidas. (Foto: YouTube/100 Huntley).
Eddie Anders lutou contra a depressão e pensamentos suicidas. (Foto: YouTube/100 Huntley).

Décadas atrás, Eddie Anders estava entre os cantores cristãos mais proeminentes da música gospel. Como um ministro de louvor, ninguém imaginaria que ele lutava contra a depressão e pensamentos suicidas.

A doença o atingiu depois que Eddie foi enganado e perdeu seus negócios, pelo qual havia trabalhado durante toda vida. Sua saúde emocional foi piorando enquanto atuava num “cristianismo de performance”, onde ele foi considerado “muito velho para se apresentar".

Escondendo sua luta pessoal, o cantor continuou liderando a adoração, mas o tempo todo procurava formas de morrer. Nem sua esposa e filhos sabiam de sua batalha. A gota d’água para que Eddie desejasse morrer veio quando ele ouviu de seu pastor e sócio: "Você está muito velho para ser relevante". 

Logo depois, em junho de 2006, o cantor decidiu se suicidar. Anders se hospedou em um quarto de hotel e tomou muitos comprimidos. Tempo depois, ele ainda acordou e vendo que não tivera o efeito desejado, tomou mais comprimidos. Enquanto isso, sua família já o procurava por todo o lugar.

Eddie sobrevivei as tentativas de suicídio, foi socorrido pelo polícia e levado para a emergência. O cantor se sentia miserável e ficou se odiando no leito do hospital. Logo depois, ele foi internado numa instituição de saúde mental e recebeu tratamento. 

Certo dia, Deus lhe revelou que o tinha livrado da morte no dia em que tentou tirar sua vida. Eddie estava assistindo TV, quando parou num canal que transmitia uma pregação de TD Jakes, que dizia: “O espírito do suicídio está sobre você. E se Deus não tivesse te resgatado, você estaria morto agora”.

A ministração era sobre o poder do sangue de Jesus e como vencer a depressão. O cantor começou a chorar e entendeu que o Senhor estava falando com ele. Desde aquele dia, Eddie Anders nunca mais foi o mesmo. 

“Eu tirei minha própria vida e Deus me devolveu. Ele reinventou completamente minha vida. Este é o dia que o senhor fez e eu me regozijarei e ficarei feliz com isso”, testemunhou Eddie.

E concluiu: “Agora eu sinto como se Deus me chamasse para alcançar as pessoas pelo resto da minha vida e compartilhar que há esperança, que há um Deus que se preocupa conosco até mesmo no nosso pior dia. E que ele nos ama quando não amamos a nós mesmo”. 

 

Caso você esteja pensando em cometer suicídio, procure ajuda especializada como o CVV e os CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) da sua cidade. 

O CVV (https://www.cvv.org.br/) funciona 24 horas por dia (inclusive aos feriados) pelo telefone 188, e também atende por e-mail, chat e pessoalmente. São mais de 120 postos de atendimento em todo o Brasil.



Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições