Evangélica é Assassinada ao Sair do Culto

Evangélica é Assassinada ao Sair do Culto

Atualizado: Segunda-feira, 10 Janeiro de 2011 as 4:31

Família de mulher assassinada protesta em frente a delegacia na BA. Polícia descartou hipótese de tentativa de assalto e procura o atirador

A delegada Divanice Dias explicou ao G1 que a vítima, de 31 anos, foi morta ao sair de um culto evangélico na frente dos três filhos, de 5, 8 e 13 anos, de uma tia e da mãe. “Foi uma execução. Ela estava no banco do motorista e esperava a tia se acomodar atrás, quando surgiu um rapaz que atirou duas vezes na cabeça dela”, afirmou.

A mulher, que era casada com um empresário, morreu no local. Ela carregava dinheiro na bolsa, mas nada foi levado. A polícia já descartou a hipótese de tentativa de assalto.

“Os laudos da perícia ainda não ficaram prontos. O executor do crime conseguiu fugir e está sendo procurado para descobrirmos mais rapidamente quem é o mandante. Nós temos diferentes linhas de investigação e alguns suspeitos, mas nada está definido por enquanto”, afirmou a delegada.

Cerca de 20 pessoas já foram ouvidas durante as investigações. A delegada pretende concluir o inquérito até o final de janeiro. “A população está chocada. Foi um crime muito violento, e os familiares têm pressa de ver o inquérito já concluído com definição de autoria. Mas temos que fazer uma investigação cautelosa antes de mandarmos o documento para a Justiça”, afirmou.  

veja também