Evangélica, mãe perde o filho para as drogas

Evangélica, mãe perde o filho para as drogas

Atualizado: Terça-feira, 11 Maio de 2010 as 10:27

Após um breve culto evangélico, o corpo do desempregado Neyvson Durval da Silva, 21 anos, foi sepultado na tarde de ontem, no Cemitério de Santo Amaro, Centro do Recife. Ao lado do caixão, a faxineira Tânia Maria da Silva precisou ser amparada pelos familiares em vários momentos do velório. Chorando muito, ela contou que fez tudo o que podia para evitar que a vida do filho tivesse o desfecho trágico ocorrido na madrugada do último domingo.

"Tenho certeza que fiz o que eu podia. Qualquer mãe faria tudo ao seu alcance para não ver o filho morto. Infelizmente, a droga foi mais forte do que a gente", lamentou Tânia.

A enteada de Neyvson atingida por uma bala perdida no ombro no momento em que dois homens encapuzados dispararam contra o desempregado permanece internada no Hospital da Restauração. O estado de saúde dela é considerado estável.

O assassinato do desempregado está sendo investigado pela delegada Josineide Confessor, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Neyvson estava sendo perseguido pelos dois homens na madrugada do último domingo. Ele tentou se esconder na casa da ex-companheira para não morrer. Os desconhecidos invadiram a residência e encontraram o desempregado embaixo da cama. Ele foi morto com mais de 15 disparos.

A polícia trabalha com duas possibilidades de motivação: acerto de contas por dívidas de drogas ou execução praticada por justiceiros pelo fato da vítima estar praticando assaltos na comunidade onde morava.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também