Evangélico, comandante da Rota é o 5º vereador mais votado em São Paulo

Evangélico, comandante da Rota é o 5º vereador mais votado

Atualizado: Terça-feira, 9 Outubro de 2012 as 2:04

Conhecido como irmão Paulo na igreja onde toca clarinete nos cultos, o tenente-coronel Paulo Adriano Lopes Telhada foi o quinto vereador mais votado em São Paulo.

Apesar de ter 29 processos por homicídio, sendo 36 mortes em ação, Telhada tem 80 elogios em seus 'currículo', e se diz um soldado de Cristo.

Evangélico, ele entrou para a polícia em 1979, se formou na Academia do Barro Branco em 1983 e chegou à rota em 1986. A partir daí ganhou fama e seu nome aparecia frequentemente nos jornais. “Não mereço essa fama. Não sou pistoleiro", se defenda.

Acusado de ser um homem perigoso, Telhada foi afastado das ruas.

Era maio de 2009. Fazia 17 anos que o tenente-coronel, hoje com 50 anos, havia deixado a Rota. Sua fama não impediu que Antonio Ferreira Pinto, recém-empossado na Secretaria da Segurança Pública, fizesse sua mais arriscada aposta: pôr Telhada no comando da Rota. “Você pode elevar ou acabar com nosso comando. Depende de sua atitude”, disse Ferreira Pinto. Nesses dois anos e meio, a Rota se transformou no principal instrumento de combate ao crime organizado no Estado. “Foi um grande acerto”, conclui o secretário.

Agora Telhada vive seus últimos dias no quartel do qual vai se despedir e garante que vai sentir saudade.

Leia também:

Ex-homossexual, Daniel Felipe testemunha encontro com Deus

Colunista da Veja descreve Silas Malafaia como 'bom de urna' em publicação


com informações do Estadão / Pavablog

veja também