Evangélico Vitor Belfort se prepara para UFC no Rio de Janeiro

Evangélico Vitor Belfort se prepara para UFC no Rio de Janeiro

Atualizado: Terça-feira, 2 Agosto de 2011 as 2:52

O evangélico Vitor Belfort tem o desafio de enfrentar o japonês Yoshihiro Akiyama e veio de uma derrota para Anderson Silva, na chamada luta do Século. Entretanto, Vitor fala confiante e parece melhor do que antes.

Depois de sua derrota para Anderson Silva no UFC 126, que acabou com o seu sonho de segurar o cinturão do campeonato peso médio, Belfort disse que está cada dia melhor.

“Eu me asseguro de que todos os dias eu fico mais feliz e tenho mais alegria. ... Hoje, eu sou um homem mais feliz”, disse Belfort segundo o Las Vegas Sun.

Belfort enfrenta Yoshihiro Akiyama neste sábado no evento do UFC 133, na Filadélfia. Se ele vencer e se Anderson Silva derrotar Yushin Okami no UFC 134 no fim deste mês, Belfort acredita que uma revanche pode ocorrer.

De acordo com o caminho traçado por ele para chegar ao título, ele precisaria de mais uma vitória depois de passar por Akiyama nesse ínterim. Se for assim a proposta do UFC, Belfort diz estar pronto e que lutaria com Silva assim que possível.

Belfort recebeu um chuta de Silva no queixo no primeiro round de sua última luta. Segundo ele, o chute frontal era uma chance em mil de funcionar. “Eu estava pronto para vencê-lo naquela noite e ele sabia disso”, disse Belfort. “Mas ele me pegou e foi isso. Eu não tenho desculpas, mas eu acho que ele teve sorte naquela noite”.

Para Anderson Silva, “Vitor não me respeita”, disse em uma das festividades do UFC 129. Silva foi a surpresa para Belfort que nunca havia sido nocauteado em sua carreira.

O japonês Akiyama está 1-2 desde que entrou no UFC e três de seus ataques ganharam bônus da Luta da Noite. Ele não tem aparecido desde a perda para Michael Bisping no UFC 120. Ainda assim, Akiyama declarou que está confiante de que derrotará Vitor.

“é uma coisa boa que Vitor esteja confiante sobre a luta... Mas eu estou ainda mais confiante que eu vou nocauteá-lo”, disse o japonês em um vídeo promocional para a luta.  

Com informações do Christian Post

veja também