Evangélicos, ex-padre e ex-freira marcam casamento na Paraíba

Evangélicos, ex-padre e ex-freira marcam casamento na Paraíba

Atualizado: Terça-feira, 5 Outubro de 2010 as 2:12

O Ex-Padre Lourival Luiz, que se converteu na Assembléia de Deus em Sousa (PB), já marcou a data do seu casamento com a ex-freira Maria de Fátima. Conforme informações passadas pelo Pastor Alexandre Duarte, pastor da denominação, o casamento do "Irmão Luiz" - como ele mesmo pediu para ser chamado - será no dia 14 de outubro.

A cerimônia será realizada na própria igreja, onde o Luiz se converteu. Familiares, amigos e toda população estão convidados para participar da cerimônia na igreja.

O noivado

No dia 1º de Julho, o casal oficializou o noivado, durante um culto realizado na Assembleia de Deus, em Sousa (PB). Segundo consta em um testemunho da própria Maria de Fátima, quando esta ainda era freira, conheceu o então Padre Lourival, mas sem interesse pessoal. Porém, mais tarde, quando soube que sacerdote tinha largado a batina e se convertido ao protestantismo, começaram a manter contato por telefone e daí começaram a se conversar.

Histórico

No começo de Maio deste ano (2010), Luiz Lourival pediu o afastamento dos serviços sacerdotais da Igreja Católica. O documento foi entregue ao próprio Bispo da Diocese de Cajazeiras, Dom José Gonzáles.

Na época, Lourival estava servindo em paróquias de Sousa e Cajazeiras - já que tinha entregue a paróquia de Belém do Brejo do Cruz, onde tinha recentemente ganho desta comunidade uma passagem aérea com tudo pago para a comunidade Canção Nova em Cachoeira Paulista Segundo informações, o então Padre foi bem recebido pela renomada comunidade e teria participado de um programa da emissora católica. Na volta ao sertão da Paraíba, em cada missa que o sacerdote celebrava pregava muito que os católicos deixassem de idolatria e que se apegasse mais em Jesus Cristo, fonte de tudo.

Em entrevista exclusiva ao Portal Diário do Sertão, Lourival afirmou que sua mudança de religião se dá por não aceitar algumas coisas que acontecem dentro da crença católica, mais o ponto principal seria a questão da idolatria.

"Eu deixe a igreja católica, tirei a batina como se diz, e fui ao vivo entregar a carta de renúncia ao bispo Diocesano", Disse o ex-padre.

Perguntado pela reportagem se ele poderia voltar atrás em sua decisão, Lourival foi rápido em sua resposta.

"Não tem condição de eu voltar porque eu conheço a palavra. Deixe eu dizer uma coisa a você, 90% das pessoas que estão na igreja, porque gostam deste negócio de imagem, gosta de procissão, a gente prega sobre a idolatria e aí as pessoas não aceitam que está na palavra, então este foi um dos grandes motivos da minha saída", Disse.

O ex-padre sabe que a sua saída da igreja católica causará uma grande polêmica no meio católico, mas ele disse que está disposto a sofrer todas as conseqüências, em nome da palavra de Deus.

veja também