Evangélicos protestam contra imagens

Evangélicos protestam contra imagens

Atualizado: Segunda-feira, 22 Fevereiro de 2010 as 12

A construção da estátua em Maracanaú, município vizinho de Fortaleza (CE), não agrada a alguns moradores. Os evangélicos alegam que se sentem incomodados, porque argumentam que cerca de 71 mil dos 200 mil moradores da cidade são evangélicas, ou seja, sem devoção a santos.

Marcelo Carioca, do Ministério Canaã, anuncia que a comunidade entrará com um processo na Justiça para embargar a obra ou retirar a estátua do local. "A estátua não vai trazer romeiros para cá e está ocupando um espaço público", cita. Agamenon Rocha acrescenta que não foi feita nenhuma consulta à população antes que a obra tivesse início.

Na placa ao lado do local onde está sendo feita a obra, a citação é de que a urbanização da Curva do Caranguejo terá o valor de R$ 139.594,34.

O POVO tentou contato com o prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, mas um número de celular não foi atendido e outro estava na caixa postal. A assessoria de imprensa da Prefeitura emitiu nota de posicionamento sobre o assunto, alegando que a administração "respeita qualquer religião ou culto, mantendo sempre uma postura laica".

Sobre a construção da imagem, a assessoria informa que não se trata de manifestação a favor de qualquer religião. "A estátua é uma valorização à fé da população de Maracanaú, do Ceará e do Nordeste, onde há vários devotos do sacerdote, reverenciado santo pelos romeiros. Esta imagem contribuirá ainda para estimular uma Cultura de Paz e o turismo religioso no Município".

Na nota, a Prefeitura acrescenta que o serviço inclui obras de urbanização da cidade, como "a construção de espaços que possam receber as famílias e propiciar manifestações de paz, harmonia e fé".

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também