Evento no Rio comemora 32 anos da Igreja Universal

Evento no Rio comemora 32 anos da Igreja Universal

Atualizado: Quarta-feira, 15 Julho de 2009 as 12

Dando início à série de comemorações em homenagem aos 32 anos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), o presidente da IURD, bispo Jerônimo Alves; o presidente nacional do Partido Republicano Brasileiro (PRB), Vitor Paulo; e o senador Marcelo Crivella (PRB/RJ) discursaram sobre a importância da instituição no País, na última quinta feira, 9, no Centro Cultural Jerusalém (CCJ), na Zona Norte do Rio de Janeiro.

De acordo com o bispo Vitor Paulo, entre as principais obras da IURD estão a transformação de vidas e o social. "O trabalho da Igreja é pregar o Evangelho no mundo, mas lidamos com pessoas e o bispo (Edir Macedo) tem uma preocupação muito grande com a qualidade de vida. Jesus veio para nos dar vida abundante e a Igreja oferece à juventude atividades na área do esporte, educação, cultura, saúde e lazer, funções do estado, que, às vezes, não proporciona à juventude tudo isso. No esporte, nós temos o exemplo de Juarez Santos, medalhista do Pan e fruto desse trabalho", ressaltou.

O bispo Jerônimo Alves disse que o trabalho da IURD nasceu de um chamado do bispo Macedo. "A Igreja é reconhecida internacionalmente como uma instituição que ajuda o Brasil. Ela é como um bolo, que fermentou e passou de sua forma. Hoje, nós estamos aparando as arestas, expondo esse bolo, que muitos já estavam degustando, mas agora de uma maneira oficiosa".

O senador Marcelo Crivella frisou que a IURD é um marco na história da civilização. "Trata-se de uma obra extraordinária de cunho espiritual que se irradia pelo campo social. Este encontro não é uma festa política, mas ganha esta conotação, pois envolve autoridades, bispos, empresários e toda a sociedade. Nem todos que estão aqui são da Igreja Universal, mas todos reconhecem este trabalho relevante. A dimensão que a Igreja representa na vida das pessoas, principalmente as mais humildes e mais simples, é algo extraordinário", analisou.

O desembargador Fábio Dutra declarou que a instituição trabalha as causas dos problemas sociais, fazendo com que os efeitos desapareçam. "Por exemplo: as pessoas que são integradas na sociedade não geram problemas ligados à segurança. A Igreja é muito importante por gerar frutos de todas as naturezas, como social e econômico. À medida que a Igreja atua, a sociedade é beneficiada em todos os sentidos".

O atleta Juarez Santos, que conquistou a medalha de ouro no Karatê nos Jogos Pan-Americanos Rio 2007, também esteve no evento e disse ser filho dessa obra. "Independente da minha formação atlética, a minha formação como homem, eu agradeço a Deus pelas orientações que me foram passadas pelos bispos e pastores".

Para o deputado Estadual Jodenir Soares (PTdoB/RJ), autor da lei que transformou o Centro Cultural Jerusalém em ponto turístico do Rio de Janeiro, "estes 32 anos da Igreja Universal do Reino de Deus merecem ser comemorados com muita alegria, pois a contribuição desta obra para a transformação de vidas é muito grande".

Também estiveram presentes, entre outros, a deputada estadual Beatriz Santos; o prefeito de Sapucaia, Anderson Zanon; os vereadores Rosangela Gomes, João Mendes, Tânia Bastos, Pedro Fernando, Jorge Braz, Marivaldo Amorim e Leide; o juiz Juarez Fernandes Folhes; o delegado Hércules Pires do Nascimento; e o jogador de futebol Marcão.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também