Ex-padre participa de culto em comunidade evangélica no sertão

Ex-padre participa de culto em comunidade evangélica no sertão

Atualizado: Quinta-feira, 6 Maio de 2010 as 9:33

O ex-padre Lourival Luiz esteve pela primeira vez nesse domingo (02), em um culto da igreja evangélica na cidade de Sousa (PB). Com participação de inúmeros fiéis, o ex-padre proclamou a palavra e deu seu testemunho do que o motivou a mudar de religião.

Sem batina e com o novo nome, os participantes o apelidaram de irmão Lourival, que orou, adorou e cantou aos presentes na igreja.

Oração

Lourival pediu a todos os presentes que orassem por ele, pois o mesmo tem sido alvo de rejeição e perseguição da sociedade sousense, por ter tomado tamanha decisão, de abandonar a Igreja Católica.

Apoio

Segundo informações os componentes do templo religioso estão prestando toda a assistência necessária, fornecendo apoio espiritual, social e material ao ex-padre.

Entenda o caso

Na manhã do último sábado (1°), o ex-Padre Lourival entregou sua carta de renúncia pessoalmente, ao Bispo Diocesano Dom José González Alonso, na Diocese da Igreja Católica, em Cajazeiras. Em entrevista exclusiva ao Portal Diário do Sertão, Lourival afirmou que sua mudança de religião se dá por não aceitar algumas coisas que acontecem dentro da crença católica, mas que o ponto principal seria a questão da idolatria.

Havia mais de um ano que o ex-padre era ouvinte cativo do Programa A Bíblia no Ar, programa radiofônico da AD-Sousa, levado ao ar pela Rádio Progresso de Sousa - AM 610, das 21 as 22 horas, de segunda a sexta-feira, e, no domingo, das 13 as 14 horas. O que chamava a atenção dele é que em tais programas nunca se falava contra a Igreja Católica, apenas se pregava a Palavra de Deus, e o genuíno e verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo e, aos poucos ele foi entendendo que Deus o queria na Assembleia de Deus, congregando com os irmãos da AD-Sousa.

Na semana passada, dia 28 de abril, o ex-padre compareceu à Igreja Católica do Núcleo II, onde ele celebrava missas, para se despedir das pessoas e dizer em público que não mais seria celebraria missas, nem seria mais sacerdote, pois estaria assumindo Jesus como único salvador e governador de sua vida.

Ele pediu para abrirem a Bíblia em I Timóteo 2.5, onde diz que "há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem" e disse: "Na Primeira Carta de Timóteo, capítulo 2 e versículo 5, está escrito que só há um Mediador entre Deus e os homens - Jesus Cristo, e a partir de hoje eu tomei a decisão de não mais ser católico e nem sacerdote e a partir de hoje eu sou evangélico da Igreja Assembleia de Deus". As pessoas escandalizadas não acreditavam no que ouviam, uns choravam, outros diziam que o padre estava louco/doido, outros choravam. Os parentes, pais e irmãos e irmãs tomaram um choque muito grande e estão chateados e escandalizados, inclusive uma sobrinha de Lourival disse que estava com raiva do tio. Ele simplesmente disse que a perdoava, pois Deus é amor e nele havia agora o verdadeiro amor de Deus em seu coração.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também