Ex-prefeito brinca com número de técnicos cristãos em times catarinenses

Ex-prefeito brinca com número de técnicos cristãos em times catarinenses

Atualizado: Segunda-feira, 4 Abril de 2011 as 10:56

Avaí e Figueirense fazem jogo de rivais no catarinense em Florianópolis no domingo, 3, e um ex-prefeito da cidade fez o seguinte comentário: “No clássico, amanhã, vai ganhar e vai perder ou empatar time de Atletas de Cristo”. O motivo da declaração é o fato de ambos os times que vão disputar a partida no estádio da Ressacada terem técnicos que professam a fé evangélica.

No Avaí, que vem de vitória por goleada de 4x1 sobre o Ipatinga (MG) na Copa do Brasil e derrota também por muitos gols (4x0) para o Joinvile no Estadual, onde está em terceiro lugar com 6 jogos, 3 vitórias, 1 empate e 2 derrotas, Silas comanda. O treinador retornou à equipe após tentativas não tão bem-sucedidas no Grêmio e Flamengo.

  No Figueirense, que vem embalado no estadual encostando no líder Chapecoense, o técnico é o ex-lateral Jorginho que veio para Santa Catarina depois de passar pelo América do Rio de Janeiro, ter sido auxiliar de Dunga na Seleção Brasileira que perdeu para a Holanda na Copa do Mundo da África do Sul e ter permanecido pouco tempo no Goiás. Enfesado, ele já chegou pedindo respeito à sua liberdade religiosa: "Quero deixar bem claro que fui contratado como treinador de futebol para o Figueirense, independentemente da religião. Só peço respeito e que me encarem como profissional". O Figueira tem 6 jogos, 3 vitórias, 2 empates e uma derrota. O Criciúma foi o vencedor do primeiro turno e tem vaga garantida na final.

  Para completar, outro time que disputa o Catarinense tem técnico evangélico. O Imbituba que está em ante-penúltimo na tabela é dirigido pelo pastor Muller, que também desconversou: "Na hora do futebol é só o futebol e nada de religião, assim não tem como dar confusão entre uma coisa e outra".

  O líder das reuniões semanais de Atletas de Cristo em Santa Catarina, o pastor Johnny Monteiro, festeja: “Santa Catarina é a quinta força no Brasil e pode crescer ainda mais. O Estado pode ser um grande celeiro de atletas de Cristo e ser um espelho para o Brasil e o mundo”. Os encontros em Florianópolis acontecem todas as segundas-feiras. No Estado, também há grupos locais em Concórdia e Jaraguá do Sul.  

veja também