Ex-satanista aceita Jesus e seu testemunho viraliza: “Não há mais vazio”

Em sua primeira ida à igreja, com apenas 15 minutos de culto, Carl se entregou a Jesus e decidiu se batizar.

Fonte: Guiame, com informações da CBN NewsAtualizado: terça-feira, 10 de maio de 2022 15:10
Em 15 minutos de culto, Carl Sartor decidiu se batizar. (Foto: Carl Sartor)
Em 15 minutos de culto, Carl Sartor decidiu se batizar. (Foto: Carl Sartor)

Não muito tempo atrás, Carl Sartor se descrevia como alguém que odiava a Deus. Hoje, o americano de 35 anos se tornou testemunha do poder de Deus.

A história de salvação de Carl viralizou nas redes sociais com mais de 325 mil visualizações no Facebook, informou a CBN News.

Carl entregou sua vida a Jesus em sua primeira ida à Cross Church em Parkersburg, na Virgínia Ocidental, em novembro de 2021. Ele foi ateu por 15 anos e satanista por 5 anos.

“Sempre tive esse vazio na minha vida”, disse ele à CBN News. “Não importa a religião que eu frequentasse, sempre acreditei que quando você morresse, seria isso e acabou. Você iria para o chão.” 

Carl, que é também ex-viciado em metanfetamina, confessa que estava fugindo de Deus desde os 5 anos. 

“Eu argumentava com unhas e dentes que Ele não existia. Eu estava vivendo em um ciclo vicioso de drogas e álcool. Eu tinha um sério problema de raiva. Eu culpava tudo e todos”, escreveu ele em um post no Facebook. “Eu também culpava Deus.”

Carl disse que foi só quando atingiu o fundo do poço em 2021 que começou a ter uma mente aberta sobre Jesus. “Eu não suportava quem eu era e o que estava acontecendo na minha vida”, explicou. “Tentei me suicidar.”

Carl decidiu então tentar ir à Cross Church, onde o pregador Rich Walters o havia convidado há mais de um ano. “Ele disse: ‘Eu adoraria ter você no culto’. Eu disse: ;Eu ando por um caminho diferente, amigo. Você nunca me pegaria lá. Vai fazer frio no inferno antes de você me ver na igreja’”.

Mas foi esse convite, uma palavra de conhecimento sobre a vida de Carl e uma mensagem sobre o perdão que o levou a abandonar o satanismo e entregar sua vida a Cristo. 

“Ainda não chegamos à pregação porque ainda estávamos cantando, louvando e adorando. Não chegamos nem 15 minutos naquele culto antes dele correr para o tanque batismal”, escreveu Walters no Facebook. 

“Hoje, ele é um adorador. Hoje, ele é crente. Hoje, ele é meu irmão em Cristo. É como a velha canção diz: Não há como dizer o que você vai fazer, naquele momento Jesus tpega você! Glória a Deus!”, continuou.

Carl disse: “Me sinto totalmente completo. Me sinto em paz comigo mesmo. Não há mais um vazio”. “Estou espiritualmente vivo agora e isso aconteceu quando Ele colocou Seus braços em volta de mim, e eu senti esse amor”.

“Deus é real e continuarei trilhando esse caminho com Ele ao meu lado. Por Sua graça, sou de longe a melhor versão de mim que já fui”, escreveu Carl no Facebook. “Meu Deus é um Deus incrível e eu oro para que todos experimentem Seu amor como eu.”

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições