Exemplos a não serem seguidos

Exemplos a não serem seguidos

Atualizado: Sexta-feira, 8 Fevereiro de 2013 as 2:04

 

Leitura Bíblica: Judas 1.11-13
 
Não sejamos como Caim, que pertencia ao Maligno e matou seu irmão. E por que o matou? Porque suas obras eram más e as de seu irmão eram justas (1Jo 3.12).
 
Cuidado com a amargura: não há limites para os males que pode causar.
 
caim e abelVocê conhece a história de Caim? Está registrada em Gênesis 4. Precisamos recordá?la para compreender por que ele é citado no texto de hoje. Adão e Eva, seus pais, desobedeceram a Deus e foram expulsos do Jardim do Éden, passando a viver num ambiente hostil. A terra produzia espinhos e ervas daninhas de toda espécie, e só com muito suor conseguiam o alimento para cada dia. Nesse contexto de sofrimento nasceu Caim, seu primeiro filho. Ele ficou conhecido por ser fratricida: matou o seu irmão Abel. 
 
É interessante que há pessoas com o nome de seu irmão, mas não conheço ninguém chamado Caim. O estranho é que ambos os irmãos prestavam culto a Deus. Contudo, a amargura se apossou de tal forma de Caim que, mesmo alertado por Deus para que a dominasse, não resistiu. Era religioso e ao mesmo tempo rebelde – como isso é possível?
 
No texto de hoje, Judas se refere a pessoas como ele, com aparência de religiosas, mas que na verdade não servem a Deus. São falsos mestres, que enganam muitos usando a própria Bíblia. Como Caim, deixaram?se dominar pela maldade e causam estragos por onde passam. Lamentavelmente, este é o retrato da humanidade. Vivemos numa sociedade religiosa e violenta ao mesmo tempo, que desagrada a Deus constantemente e é capaz das piores atrocidades.
 
Tanto Judas como João (versículo em destaque) citam Caim como um exemplo a não ser seguido. O que devemos fazer para não agir como ele? Somente entregando nossa vida a Cristo (novo nascimento) e sendo transformados (santificação) podemos agradar a Deus. Isso inclui uma mudança interior, que atinja todos os nossos sentimentos e atitudes. Então, não siga o caminho de Caim e dos falsos mestres, que achavam que uma aparência religiosa seria suficiente. Busque a Deus e permita que ele transforme sua vida! – HM
 

veja também