Exposição em Curitiba traz explicações sobre o Santo Sudário

Exposição em Curitiba traz explicações sobre o Santo Sudário

Atualizado: Quarta-feira, 7 Abril de 2010 as 12

No title A Páscoa instigou sua curiosidade sobre o Santo Sudário? Desde o dia 30 de março, Curitiba recebe a exposição "Quem é o Homem do Sudário" que traz explicações de cientistas sobre o fenômeno. É possível ver ainda réplicas do Sudário, moedas originais da época de Pôncio Pilatos e uma estátua do homem do Sudário em tamanho original.

Pela primeira vez na América Latina, a exposição conta com hologramas em tamanho natural produzidos pelo cientista holandês Petrus Soons e um facsímile do Sudário produzido em Turim, catedral na Itália que guarda o Sudário original.

Estudiosos admitem existir grande coincidência entre as marcas impressas no tecido e o que os Evangelhos relatam sobre a Paixão de Cristo. O lençol foi confeccionado segundo antigas técnicas do Egito e da Síria e nele há diversas manchas de sangue humano do tipo AB, mais comum em judeus.

A análise do sangue indicou uma substância cicatrizante do fígado - a bilirrubina - produzida quando o corpo é gravemente traumatizado. O estudo constatou também cromossomos do tipo XY, confirmando que seria uma pessoa do sexo masculino.

Foram descobertos também mais de 70 tipos de polens no Sudário. Dentre eles, alguns comuns no Vale do Jordão e Mar Morto, de lugares pedregosos ou salgados e regiões desérticas.

A análise médico-forense mostra que o homem do Sudário possuía altura entre 1,75 e 1,80m. No lençol há marcas que indicam que o Homem do Sudário foi açoitado e os ângulos das feridas permitem deduzir que havia dois flageladores.

Na imagem da cabeça há cerca de quarenta feridas causadas por objetos pontiagudos. O quadro seria compatível com as marcas deixadas por uma coroa de espinhos. Há também marcas de feridas nas mãos e pés que coincidem com as de um homem crucificado.

O grande mistério é que, apesar de o lençol ter envolvido um cadáver - o que foi comprovado pela análise do sangue - a imagem impressa nele não apresenta sinais de decomposição. As manchas de sangue também mostram que o corpo ficou em contato com o lençol durante um período entre 30 e 40 horas: mais um ponto que bate com o relato dos evangelhos.

Serviço

Exposição Quem é o Homem do Sudário

Início: 30/03/2010

Local: Palladium Shopping Center, Piso L3

Ingressos: R$ 5,00 (inteira) e R$ 2,50 (meia entrada) *valor dos ingressos válido de 30/03 a 30/04/2010

Horário de funcionamento: de 2ª a 6ª feira, das 11h às 23h, sábados das 10h às 22h, domingos das 14h às 20h

Mais informações pelo site www.homemdosudario.com.br

veja também