Fabricante de lingerie faz campanha publicitária para lésbicas

Fabricante de lingerie faz campanha publicitária para lésbicas

Atualizado: Sexta-feira, 29 Julho de 2011 as 1:41

Pela primeira vez, uma campanha publicitária mostrará duas mulheres abraçadas. Trata-se do anúncio que a fabricante de lingerie DuLoren começa a veicular em agosto em revistas femininas e em 22 mil pontos de venda.

O anúncio faz referência à aprovação da união estável de casais do mesmo sexo pelo STF (Supremo Tribunal Federal). ‘Aprovada a união homoafetiva. Jura? Achei que já estava tudo liberado.’

Agnelo Pacheco, que produziu a campanha, admitiu que se trata de uma ousadia, mas acredita que o anúncio será bem recebido.

Disse que, no Brasil, as mulheres têm preferência por lingerie com apelo erótico, diferentemente do que ocorre, por exemplo, nos Estados Unidos, onde as consumidoras levam mais em consideração o conforto.

Pacheco é também o criador de uma campanha polêmica da DuLoren na qual uma mulher de lingerie mostra uma cruz a um padre supostamente pedófilo. Ele foi acusado de ser anticristão.

veja também