Família cristã refém é liberta por policiais

Família cristã refém é liberta por policiais

Atualizado: Sexta-feira, 11 Junho de 2010 as 3:07

A agência International Christian Concern (ICC) foi informada de que a polícia paquistanesa libertou uma família cristão de trabalhadores da fabricação de tijolos no dia 2 de junho em Raiwind, no Paquistão. Asghar Masih, Rehana Bibi e seus três filhos foram mantidos reféns dentro de um forno, por Muhammad Nawaz, o proprietário muçulmano.

Asghar conseguiu fugir, e informou os oficiais paquistaneses sobre o sofrimento da sua família. A polícia então invadiu o local e libertou as vítimas, depois de prender Nawaz.

Aparentemente, Nawaz violentou Rehana e sua filha mais velha durante o período de confinamento e, junto com seus outros funcionários, algemaram a torturaram as vítimas para impedir que escapassem.

Asghar mostrou para a ICC os ferimentos em seu pescoço, tornozelos e pulsos, por ter ficado acorrentado mais de quatro horas seguidas.

Em uma declaração para a ICC, Nawaz negou todas as acusações, mas Muhammad Mujahid, um trabalhador da mesma fábrica e testemunha ocular no caso, confirmou que a família cristã estava como refém há mais de um ano.

No Paquistão, proprietários de fábricas de tijolos mantêm os trabalhadores como reféns se não pagarem seus empréstimos. No entanto, Mujahid disse que a família cristã não tinha nenhuma dívida com Nawaz.

Tradução: Missão Portas Abertas

veja também