Fé no trabalho

Fé no trabalho

Atualizado: Quinta-feira, 16 Setembro de 2010 as 4:09

Que diferença você faz?

O tempo passou rápido, e quando ele menos esperava, já estava se aposentando. A empresa, como de costume, promoveu uma festinha de despedida. Enquanto cada colega fazia seu discurso de homenagem (inclusive o chefe), ele notou que várias pessoas sussurravam entre si, acenavam ou sorriam quando cruzavam o olhar. Em que estariam pensando? Que tipo de comentários poderiam estar fazendo a seu respeito? E os elogios que ouvia? Será que eram sinceros? Enfim: que tipo de testemunho cristão ele deu durante o tempo que trabalhou naquela empresa?

A orientação de Jesus para que seus filhos fossem "sal e luz" é uma das mais abrangentes que deixou. Ela vale para todo lugar, em todo tempo: na vida familiar, no trato com os vizinhos, no convívio com colegas de escola ou faculdade - e não poderia ser diferente nas relações profissionais. Distinguir-se no ambiente de trabalho é um desafio diário que envolve fé, ética, companheirismo, credibilidade, competência e valores.

Em Fé no trabalho, o dr. Michael Zigarelli, autor e professor de prestígio na área de Administração, se vale dos ensinamentos do Sermão do Monte – as conhecidas bem-aventuranças –para apontar os princípios que estabelecem o conceito divino de atitude cristã. Com propriedade, o autor os aplica na experiência profissional cotidiana, demonstrando que bom testemunho profissional é resultado direto de uma espiritualidade bem fundamentada.

"Vendo Jesus as multidões, subiu ao monte, e, como se assentasse, aproximaram-se os seus discípulos; e ele passou a ensiná-los, dizendo:

Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.
Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.
Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra.
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos.
Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançaram misericórdia.
Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus.
Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.
Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.
Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós.
Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós". Mateus 5:1-12 (RA)

Michael Zigarelli é professor de Gestão na Universidade Regent em Virginia Beach, mestre em Relações Industriais pela Universidade Cornell e doutor em Gestão de Pessoas pela Universidade Rutgers. Pesquisador nas áreas de Administração, Direito e Ética, ele já escreveu seis livros, incluindo Princípios da Gestão Eficaz, publicado no Brasil pela Editora Mundo Cristão.

ficha técnica
Páginas: 160
Tamanho: 14x21
Categoria: Negócios
Ano: 2004

veja também