Fiéis da Igreja Evangélica falam sobre papel do obreiro

Fiéis da Igreja Evangélica falam sobre papel do obreiro

Atualizado: Quinta-feira, 9 Dezembro de 2010 as 8:57

Os fiéis em retiro nacional anual da Igreja Evangélica Sinodal de Angola (IESA), desde esta quarta-feira, dissertarão os temas "Obreira como parceira de oração do seu esposo", e "Obreiro perante os desafios na Angola de hoje", e "Elementos que promovem a unidade da igreja".

Provenientes de diversas congregações do país, os 491 obreiros reunidos sob o lema "Com, por e para Cristo, conquistemos Angola com fé, esperança e amor", analisaram no primeiro dia do encontro o papel do obreiro no seu lar, dissertado pelo pastor Moisés Miguel.

Na cerimónia de abertura, o Presidente da denominação religiosa,  reverendo Diniz Marcolino, afirmou ser tempo de renovação e reflexão para que o ano 2011, possa ser recebido no poder do Espírito Santo.

Por sua vez, o administrador-geral da IESA, Oseas Chingui Matias, afirmou que anualmente a sua igreja realiza retiros de género, com vista a renovar o estado espiritual dos obreiros, para melhor servirem a igreja.

Fez saber que a igreja, através do seu departamento Bom Samaritano, tem vindo a desenvolver acções, visando a recuperação dos alcoólatras e pessoas envolvidas em drogas.

Com mais de um milhão de fiéis, agrupados em cerca de 500 igrejas locais, a IESA foi fundada há 112 anos, no município de Caluquembe, província da Huíla, e actualmente está espalhada por todo país, excepto nas províncias do Zaire e Uíge.

veja também