Filha de evangélicos, a cantora Katy Perry acusa Madonna de blasfêmia

Filha de evangélicos, a cantora Katy Perry acusa Madonna de blasfêmia

Atualizado: Quinta-feira, 20 Janeiro de 2011 as 8:55

 A cantora sensação americana Katy Perry criticou a colega Madonna por esta recorrer de "forma abusiva" a religião para "dramatizar e gerar polêmica durante as suas digressões internacionais".

A mulher do ator e comediante britânico Russell Brand não só criticou a ‘rainha da pop’ pelo alegado uso que dá a símbolos religiosos, como também a acusou de blasfêmia.

“Para mim, a espiritualidade é uma coisa importante e não gosto quando as pessoas não levam isso a sério”, declarou Katy, que é filha de pastores evangélicos.

“Não entendo por que razão os artistas sentem necessidade de chegar a estes extremos, como Madonna, quando subiu a uma cruz para cantar lá de cima”, acrescentou a intérprete de ‘Firework’.

Perry refere-se à polémica digressão ‘Confessions Tour’, em 2006, na qual Madonna, uma seguidora da Cabala, aparecia ‘crucificada’ em palco com uma coroa de espinhos na cabeça.  

veja também