Filme Ateu The Ledge Retrata Vilã Cristã

Filme Ateu The Ledge Retrata Vilã Cristã

Atualizado: Quarta-feira, 13 Julho de 2011 as 11:28

O abertamente ateu e diretor Matthew Chapman disse que ele espera que seu novo filme, "The Ledge", ajude o público a ver os ateus em uma maneira mais positiva. Falando à CNN recentemente sobre o novo thriller sobre um herói abertamente ateu e um vilão cristão, ele comparou o filme com o "Brokeback Mountain", um filme do qual ele se sente que fez as pessoas aceitarem mais a comunidade gay. "Minha esperança foi fazer um apelo emocional", disse Chapman. A trama de "The Ledge" aborda um marido cristão conservador contra um homem ateu para seduzir sua mulher. O filme lançado na sexta-feira, estrela Terrence Howard e Liv Tyler e está nomeado pelo melhor drama no Festival de Filmes Sundance deste ano. "As pessoas de fé, especialmente os católicos estão acostumados a serem descartados por Hollywood, mas eles não estão acostumados a filmes que promovem o ateísmo", disse Bill Donahue, presidente da Liga Católica para Direitos Religiosos conservadores e Civil no que diz respeito ao filme. Anteriormente, a atriz Tyler disse ao PopEater que ela não vê o filme como anti-religioso mas observou que ele ilustra como as pessoas são rápidas para julgar baseados na religião, entre outras coisas. Chapman, que também acaba sendo o bisneto de Charles Darwin, disse que ele não fez o filme para ateus, "mas para as pessoas no meio do país se perguntando do que isso se trata". "Realmente The Ledge é o começo de um movimento em direção a uma discussão mais aberta do ateísmo e agnositicismmo", estressou ele, de acordo com o My Fox Houston. Ateus mantêm um ponto de vista válido, de acordo com o Chapman que está urgindo aos Cristãos e todos os crentes a verem o novo filme. Há muitos de nós; nós somos pessoas pensantes; nós cuidamos de muitas questões iguais aos crentes, e ainda nós somos raramente ouvidos e amplamente odiados", comentou Chapman. "Espero que os ateus que ainda estão no armário possam captar a mensagem do filme e pensar."

veja também