‘Finanças para a Vida’: Pastor ensina a consultar a Bíblia para evitar gastos no Natal

Colunista do Guiame, Paulo de Tarso é pastor, engenheiro, mestre em Teologia e pesquisador sobre prosperidade segundo princípios bíblicos.

Fonte: Guiame, Adriana BernardoAtualizado: sexta-feira, 17 de dezembro de 2021 18:28
Paulo de Tarso, fundador do “Finanças para a Vida”. (Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal Paulo de Tarso)
Paulo de Tarso, fundador do “Finanças para a Vida”. (Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal Paulo de Tarso)

O final de um ano e começo de outro são épocas em que as pessoas estão mais propensas a gastar seu dinheiro. O desejo de comprar presentes, de fazer uma gostosa ceia de Natal e da Virada de Ano, além das férias de janeiro são festividades e eventos que consomem bastante recursos. Para evitar os gastos excessivos, é importante não se deixar levar apenas pela vontade de comprar, mas é importante administrar o dinheiro para não entrar em um novo ano com muitas dívidas.

Para falar sobre questões financeiras e trazer dicas de como deve ser o comportamento do consumidor nessa fase, o Guiame ouviu, com exclusividade, o pastor, engenheiro e mestre em Teologia Paulo de Tarso, que também é um estudioso sobre prosperidade bíblica.

Fundador do "Ministério Finanças para a Vida", ele ensina pessoas de todas as idades a administrarem o dinheiro de acordo com a Bíblia. Para isso, Paulo explica que todos devem se preocupar com a administração do dinheiro, e que isso precisa fazer parte do cotidiano das pessoas em todas as idades.

“Mesmo crianças necessitam obter noções básicas sobre como lidar com o dinheiro.

Quanto mais conhecimento tivermos sobre o assunto dinheiro, melhor será a nossa administração”, explica.

Segundo o autor da série “Finanças em Ação”, as Escrituras apresentam bastante informação sobre o assunto. “A boa notícia é que a Bíblia traz muitos princípios de orientação nessa área tão importante de nossas vidas”, assevera.

Para falar sobre o tema, Paulo de Tarso, que também pé colunista do Guiame, nos concedeu a seguinte entrevista:

Guiame: Como devemos organizar nossa vida financeira nessa época do ano?

Paulo de Tarso: Este ano tem sido difícil em razão da pandemia, com efeitos sobre a saúde e também sobre a economia. Por isso, fazer um plano para os gastos é sempre importante e, em períodos de restrição, se reveste de maior importância ainda. Um bom plano deve contemplar os seguintes itens:

- Entradas: O quanto eu ganho

- Saídas: Minhas doações

- Minhas reservas (Poupança)

- Minhas dívidas (plano para quitação)

- Meus gastos

Guiame: Estamos chegando no Natal, época em que o apelo comercial tende a atrair as pessoas a gastarem além do que podem. Que conselhos você dá para elas?

Paulo de Tarso: Como sempre, planejar, para não perder o controle sobre os gastos

Faça uma lista de pessoas a quem deseja presentear, e veja se tem as condições financeiras para isso. Você pode presentear com itens mais em conta, que não prejudiquem a saúde financeira. Não fique endividado para dar presentes.

Guiame: É possível começar o novo ano no azul?

Paulo de Tarso: O equilíbrio financeiro é sempre um desafio, mas é possível sim. A regra básica é não gastar mais do que ganha e planejar os gastos através de um plano. Tem que por o pé no freio dos gastos e só acelerar conforme os recursos estiverem disponíveis.

Guiame: O que a Bíblia diz sobre o endividamento pessoal?

Paulo de Tarso: A Bíblia é um manual excepcional quando o assunto é dinheiro. Mas, sobre dívidas, é bom evitar. Salomão, o rei mais rico e sábio nos deixou a seguinte orientação: “Quem toma dinheiro emprestado, se torna escravo de quem empresta” (Provérbios 22.7). Para evitar o endividamento, o ideal é criar suas próprias reservas financeiras, separando mensalmente uma parte dos seus ganhos. É o que eu chamo de montar o seu próprio banco.

Guiame: Que cuidados a pessoa deve ter com o crédito, uma vez que os especialistas dizem que essa modalidade de acesso a bens é o que as leva ao endividamento?

Paulo de Tarso: O crédito parece ser uma solução mágica, principalmente para quem está em dificuldades financeiras. Mas devemos lembrar que, quem pega o crédito também precisa pagá-lo, e aí é mais uma conta, e uma conta salgada, porque vem recheada de taxas e juros. Só em casos bem específicos poderia ser o caso de se pegar o crédito, principalmente quando se usa esse dinheiro para obter renda.

Paulo de Tarso: Você tem falado frequentemente sobre generosidade, como essa atitude impacta a vida de quem oferta?

Paulo de Tarso: A generosidade é um dos princípios mais extraordinários da Bíblia. Sobre ele, Salomão disse assim: “Há quem dê generosamente, e vê aumentar suas riquezas; outros retêm o que deveriam dar, e caem na pobreza. O generoso prosperará; quem dá alívio aos outros, alívio receberá.” (Provérbios 11.25). E o próprio Senhor Jesus deu a seguinte declaração: “Há maior felicidade em dar do que em receber.” (Atos 20.35) Então não há dúvida que podemos ser pessoas muito mais felizes quando exercemos a generosidade. Por isso, compartilhe uma parte de tudo o que Deus tem dado a você graciosamente.

Guiame: Como ensinar as crianças sobre generosidade?

Paulo de Tarso: As histórias bíblicas são excepcionais para se fazer isso. Por exemplo, a história do menino que doou seus cinco pães e dois peixinhos, e que foi o ponto inicial para o milagre da multiplicação dos pães. A partir de histórias como essas, podemos levar as crianças à prática da generosidade. Pode ser levando ofertas na igreja como também levando uma contribuição para uma organização de cuida de crianças.

Guiame: Você tem um curso sobre vida financeira. Fale-nos a respeito:

Paulo de Tarso: Pela graça de Deus lançamos nosso curso online denominado “Sucesso Financeiro – Finanças com generosidade”. São mais de seis horas de vídeos através dos quais as pessoas vão aprender os princípios de: Ganhar dinheiro, exercer a generosidade, criar suas reservas financeiras, eliminar dívidas, criar e manter um plano de gastos, tomar conselho para decisões financeiras, ter integridade e saber a importância do dinheiro nos relacionamentos pessoais.

Guiame: Você acaba de lançar um livro. Qual o tema e o que te levou a escrever essa nova obra?

Paulo de Tarso: Na verdade, é uma série denominada “Finanças em Ação”. Lançamos o primeiro volume e estamos trabalhando na elaboração do segundo. Esta série varre todo o conteúdo bíblico, apresentando os princípios poderosos da Palavra de Deus para transformar a vida financeira das pessoas.

Guiame: Como as pessoas podem ter acesso aos seus livros e cursos?

Paulo de Tarso: Todo este conteúdo pode ser acessado através do nosso portal www.financasparaavida.com.br

 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições