Força Jovem recebe homenagem em São Paulo e no Rio Grande do Sul

Ministério Jovem da IURD é reconhecido nacionalmente

Atualizado: Sexta-feira, 9 Março de 2012 as 12:08

O Força Jovem Brasil foi homenageado na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, no último dia 2 de março. A placa de homenagem foi uma forma de demonstrar respeito ao trabalho que vem sendo desenvolvido com milhões de jovens espalhados pelo território brasileiro. Durante a sessão solene, o salão Juscelino Kubitschek, da Alesp, recebeu os integrantes do grupo.

Em solenidade o deputado federal e bispo, Antonio Bulhões, falou sobre a diferença entre o antes e o atual Força Jovem. "Antigamente, o grupo estava restrito aos trabalhos realizados dentro da igreja. Com o Força Jovem Brasil, na liderança do pastor Jean, as atividades ganharam força, e hoje se expandem para beneficiar toda a sociedade, como as ações sociais desenvolvidas pelo grupo e as grandes campanhas de cidadania e combate às drogas”, destacou.

Após o discurso, a moção de aplausos e agradecimento foi entregue aos líderes regionais do Força Jovem de São Paulo e aos responsáveis pelos projetos Jovem Nota 10, VPR, Dose Mais Forte, Se Liga 16, Esportes, Cultura, UP, Uniforça e Secretárias, todos do grupo.

No Rio Grande do Sul o pastor Dayvid Windson, responsável pelo trabalho evangelístico da juventude gaúcha, recebeu a medalha da 53ª Legislatura da Assembleia Legislativa. A entrega foi realizada pelo deputado estadual Carlos Gomes do PRB, durante a 5ª edição do “Oscar da Força Jovem”.

A noite de premiações contou com apresentações de música, dança e teatro, realizadas por integrantes do grupo Força Jovem. Na oportunidade, o prefeito José Fortunati, os vereadores de Porto Alegre, José Freitas e Waldir Canal, ambos do PRB, além do vereador republicano César Augusto, de Canoas, homenagearam o evento. “A entrega desta medalha se faz justa por todas as ações de combate às drogas e à marginalidade que o Força Jovem promove no Rio Grande do Sul, das quais temos a alegria e a satisfação de participar,” ressaltou o deputado Carlos Gomes.

veja também