Garoto autista é proibido de ler a Bíblia na escola, segundo mãe

Garoto autista é proibido de ler a Bíblia na escola, segundo mãe

Atualizado: Quinta-feira, 30 Janeiro de 2014 as 8:50

 

Garoto autista é proibido de ler a Bíblia na escola, segundo mãe

Um garoto autista de 8 anos de idade sofreu maus tratos e chegou a ser impedido de ler a Bíblia em sua escola, na cidade de Dearborn Heights, Michigan (EUA). A informação foi confirmada pela mãe do pequeno Jason, Jessica Cross.
 
Segundo ela, a escola deixava o garoto abandonado, sem qualquer tipo de atenção ou cuidados necessários para crianças com autismo.
 
A mãe exige que a escola seja punida e destaca que se ela tivesse feito o mesmo que a escola, já teria perdido a guarda de seu filho na justiça.
 
Já sobre a Bíblia, Jessica relatou que argumentou por diversas vezes com a direção da escola, dizendo que o livro só seria lido fora das aulas. Mas a Escola negou o pedido e disse que a leitura seria "só para a igreja, e não para a escola".
 
Jessica conta que buscou um diálogo saudável com a escola, porém a conversa não chegava em um acordo palpável.
 
"Fizemos algumas reuniões. Nós nos encontrávamos, e sempre que nos colocávamos à disposição para conversar, a iniciativa não passava do encontro", afirmou.
 
Além de Jason, sua irmã Jaclyn também estuda nesta escola e também seria uma vítima em potencial destas situações - o que tem preocupado Jessica ainda mais. 
 
Com informações so Christian Post

veja também