Gente como a gente - Como Deus muda a vida de pessoas comuns

Gente como a gente - Como Deus muda a vida de pessoas comuns

Atualizado: Quinta-feira, 14 Maio de 2009 as 12

Os espaços em branco entre os versículos bíblicos constituem solo fértil para vários questionamentos. Foi nestas entrelinhas que Max Lucado buscou inspiração para o seu novo livro - "Gente como a Gente - Como Deus Muda a Vidas das Pessoas Comuns" - que acaba de chegar ao país pela Thomas Nelson Brasil. No livro, ele monta um elenco de 21 personagens bíblicos e reconta suas histórias demonstrando características puramente humanas.

Em "Gente como a gente", Lucado apresenta, entre outros, Elias como o profeta que reclamava; Salomão, o rei que sabia muito; Jacó, o trapaceiro. "Essas pessoas da Bíblia transbordavam de vigor e brilho. Sempre gostei de ler essas histórias e, ao longo da minha vida, tenho me dedicado a recontar algumas delas. Este livro é uma coleção de alguns desses esforços", justifica o autor.

Lucado dá ares contemporâneos aos personagens que, em alguns trechos, ficam preocupados com contas para pagar ou com o plano de saúde. O nascimento de Cristo é um exemplo. José é transportado para os tempos de hoje e demonstra a preocupação por seu filho estar nascendo num lugar tão precário quanto a estrebaria onde Maria deu a luz ao pequeno Jesus. "Por algum a razão, não consigo imaginar José em silêncio, como a figura do presépio. Mentalizo um pai aflito, andando de um lado para outro e questionando a Deus sobre a precariedade do local do parto", conjectura.

veja também