Governador de Belém é convidado a participar do centenário da AD

Governador de Belém é convidado a participar do centenário da AD

Atualizado: Terça-feira, 1 Março de 2011 as 10:52

Com a previsão de reunir em Belém cerca de 300 mil pessoas, o centenário de fundação da Assembleia de Deus na capital do Pará será comemorado de 16 a 18 de junho próximo. No início da tarde desta segunda-feira (28), o governador Simão Jatene foi convidado a participar da celebração, pelo pastor Samuel Câmara, presidente da Assembleia de Deus em Belém, em audiência no Comando Geral da Polícia Militar.

Samuel Câmara informou ao governador sobre as obras que estão sendo realizadas para receber integrantes da Igreja de vários pontos do Brasil e de outros países, e pediu o apoio do Governo do Estado para a programação. "Em um evento dessa magnitude e de tamanha importância para os fiéis gostaríamos de contar com sua participação e apoio", disse Câmara ao governador.

A Assembleia de Deus de Belém, considerada a Igreja-Mãe, tem mais de 100 mil membros, 471 templos, mais de mil núcleos missionários e 700 pastores, e ainda mantém 31 missionários em outros países.

Entre os preparativos para o centenário está o término da construção de um Centro de Convenções, em uma área de 40 mil metros quadros às proximidades do Estádio Olímpico do Pará (Mangueirão), com capacidade para abrigar mais de 20 mil pessoas. O pastor citou ainda a construção da Avenida Centenária.

Também participaram da audiência o senador Flexa Ribeiro, o deputado federal Zequinha Marinho, o deputado estadual Raimundo Santos e uma comitiva de pastores.

Centenário - Uma extensa programação está sendo organizada para celebrar os 100 anos da Assembleia de Deus, incluindo shows de cantores gospel, casamento comunitário reunindo mais de 15 mil casais, um dia de cidadania com a emissão de documentos, cortes de cabelo e outros serviços, seminários com temas relacionados à família e inauguração do centro de convenções.

A história da Assembleia de Deus no Brasil tem origem na iniciativa de dois jovens missionários: Daniel Berg e Günnar Vingren, que receberam a missão de pregar o evangelho na cidade de Belém. Eles partiram da Suécia rumo à capital paraense, onde desembarcaram no dia 19 de novembro de 1910.

Inicialmente, eles criaram a primeira Igreja Batista, e em 18 de junho de 1911 fundaram uma nova igreja, intitulada Missão da Fé Apostólica. Algum tempo depois, os próprios membros da igreja decidiram denominá-la Assembleia de Deus.

A instituição se espalhou por todo o país. Tornou-se uma das maiores referências para o surgimento de outras igrejas evangélicas.  

veja também