Governador do Acre repassou atribuição do governo para as igrejas

Igrejas no Acre vão gerir doações para vítimas de alagamento

Atualizado: Quarta-feira, 29 Fevereiro de 2012 as 1:11

O governador Tião Viana(PT), do Acre, anunciou ontem (27) que o poder público deixará de administrar os donativos para as vítimas do alagamento no Estado e também não mais decidirá quem deve receber a ajuda.Ele repassou essas atribuições para a Igreja Católica, Assembleia de Deus e Igreja Renovada. São elas que vão gerir as contas bancárias abertas no Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal para o depósito das doações em dinheiro.

Conforme publicado no Paulopes Weblog Vianna "privatizou" o socorro sob o pretexto de se ter maior transparência na destinação das doações, admitindo, indiretamente, a incompetência de seu governo de impedir que haja desvio ou mau aproveitamento dos recursos.

O que ocorre normalmente, nesse tipo de socorro, é o estabelecimento de cooperação com igrejas e outras instituições. Nesse caso, contudo, o governador entregou todas as responsabilidades a igrejas. 

Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2012/02/acre-empurra-para-igrejas-obrigacao-de.html#ixzz1nmytprhk 
Reprodução deste texto só poderá ser feita com o crédito e link da origem. 

Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2012/02/acre-empurra-para-igrejas-obrigacao-de.html#ixzz1nmyqeVfC 
Reprodução deste texto só poderá ser feita com o crédito e link da origem.  

veja também