Governantes prestam reverência ao centenário da Assembleia de Deus

Governantes prestam reverência ao centenário da Assembleia de Deus

Atualizado: Quarta-feira, 23 Novembro de 2011 as 10:43

O megaculto ontem (15) de encerramento das comemorações do centenário da AD (Assembleia de Deus) teve a participação de ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral), representando a presidente Dilma, do governador Geraldo Alckmin (PSDB) e do prefeito Gilberto Kassab (PSD). O tucano José Serra também marcou sua presença.

A Assembleia de Deus do Brasil é a maior do mundo, com cerca de 22 milhões de seguidores, de acordo com estimativa de seus líderes. Na Câmara Federal, há 22 deputados de diferentes partidos que seguem a orientação da denominação em questões, como, a dos direitos dos homossexuais. Eles representam um terço da conservadora Frente Parlamentar Evangélica. Na cerimônia de ontem, Carvalho disse que a AD é um ?presente de Deus?. Alckmin afirmou que se trata de uma ?semente em terra fértil?.

O pastor José Wellington Bezerra da Costa (foto), líder da AD, entregou a cada um dos políticos uma placa dourada com textos elogiosos.

O culto teve participação de 30 mil fiéis e 2.500 pastores, de acordo com a Folha de S.Paulo. Realizou-se no estádio do Pacaembu.

Na semana passada, o promotor Maurício Antônio Ribeiro Lopes, da Habitação, disse que poderia recorrer à Justiça contra Kassab por ter cedido o estádio à AD para a realização do evento. É que existe uma decisão judicial que impede que o local seja usado para esse tipo de evento. Ali já houve também encontro de fiéis da Igreja Universal.

veja também