Governo do Vietnã aumenta repressão contra cristãos de minoria étnica

Governo do Vietnã aumenta repressão contra cristãos de minoria étnica

Atualizado: Quarta-feira, 6 Abril de 2011 as 12:34

Um novo relatório afirma que o Vietnã aumentou a repressão contra os cristãos indígenas. O governo vietnamita está fechando igrejas domésticas e perseguindo os cristãos nas províncias centrais do país. Um relatório de 46 páginas, elaborado pela organização Human Rights Watch documenta que os cristãos montagnards (em francês) ou degar (em vietnamita) – um grupo étnico minoritário que vive na região central do Vietn㠖 estão sofrendo abusos em relação à liberdade religiosa, desde restrições legais das práticas de culto até a renúncia forçada de sua fé.

Sophie Richardson é a diretora da Human Rights Watch para a região da Ásia. Ela declara: “Acreditamos que, com essa evidência, ficará muito mais difícil para qualquer um negar que o governo do Vietnã está controlando a liberdade religiosa e os direitos humanos”.

Richardson também afirmou que os dados informados no relatório vêm de agências controladas pelo próprio governo. “O que nós descrevemos como problemas, eles divulgam como sucessos políticos. Histórias que descrevem as autoridades sendo bem-sucedidas em forçar pessoas a renunciar sua fé são vistas como conquistas, e não como repressão.”

A organização Human Rights Watch pede para que o governo encerre imediatamente sua repressão contra os montagnards, permita que organizações conduzam atividades religiosas com liberdade e liberte todos os cristãos que foram presos por suas atividades.  

veja também