"Graças a Deus pelas calúnias", diz Edir Macedo sobre Dia D

"Graças a Deus pelas calúnias", diz Edir Macedo sobre Dia D

Atualizado: Terça-feira, 27 Abril de 2010 as 12

Em vídeo intitulado "Ainda não arrebentou", publicado no blog pessoal de Edir Macedo, o líder da Igreja Universal do Reino de Deus fala a respeito do Dia D, evento que reuniu nas 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal aproximadamente 10 milhões de pessoas no feriado de 21 de abril.

O título do vídeo faz referência à entrevista que Edir Macedo deu à Record, finalizada com a afirmação: "Nós vamos arrebentar", rebatendo o que chamou de "persegução implacável da mídia contra a igreja Universal".

O Dia D reuniu, somente na Enseada de Botafogo, 2 milhões de pessoas. A Record acusa de preconceito reportagens do jornal carioca "O Globo" que focam o acúmulo de lixo e o trânsito causado pelo evento.

No vídeo, Macedo dá explicação espiritual para as críticas: "Os espíritos imundos usam pessoas, naturalmente ignorantes, pessoas que não conhecem a verdade, para jogarem pedra em nós [...] Eu também já cheguei a ridicularizar o evangelho e hoje estou sendo perseguido por causa dele, mas graças a Deus! [...] Graças a Deus por esse ódio, graças a Deus pelas perseguições, graças a Deus pelas calúnias, graças a Deus porque nós sofremos por causa da nossa fé em Jesus".

Para o líder, o Dia D é semelhante à pequena nuvem vista pelo profeta Elias, que indicava grande chuva. "Deus vai fazer coisa muito maior do que você possa imaginar", diz Macedo, que encoraja os fieis: "Não vamos nos acovardar, vamos seguir em frente".

Consolando os que se destinavam ao encontro, mas não conseguiram se aproximar devido ao trânsito , Edir Macedo expressa: "Você pode ter certeza que esse dia D vai acontecer todos os anos, não vai haver ninguém capaz de impedir que esse dia se repita. Não há. Pode haver a ameaça que houver, nós vamos continuar".

O líder deixa ainda recado aqueles que aponta como perseguidores: "Nós não temos nada a perder, porque se por acaso arrancarem a nossa vida, se por acaso Deus permitir que você tire a nossa vida, você estará fazendo um favor para nós, porque para nós o morrer é lucro e o viver é o Senhor Jesus".

veja também