Gráfica da Bíblia já produziu mais de 80 milhões de Escrituras

Gráfica da Bíblia já produziu mais de 80 milhões de Escrituras

Atualizado: Quinta-feira, 4 Dezembro de 2008 as 12

A Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) está comemorando uma importante conquista. Em novembro deste ano, a produção total da Gráfica da Bíblia alcançou e ultrapassou a marca de 80 milhões de exemplares de Bíblias e Novos Testamentos. Construída há 13 anos, com o apoio de Sociedades Bíblicas de outros países, a Gráfica tem permitido que a SBB cumpra sua missão, de transformar vidas com a Palavra de Deus. As Escrituras produzidas têm alcançado milhões de brasileiros em todo o país, especialmente os em situação de risco social, beneficiados pelos programas sociais desenvolvidos pela organização. Além deles, as Bíblias desenvolvidas pela SBB têm abastecido a população de mais de 100 países, de todos os continentes.

O secretário-geral das Sociedades Bíblicas Unidas (SBU), A. Miller Milloy, considera a conquista extraordinária, para um período tão curto. "Quando paramos para refletir sobre as vidas que esses 80 milhões de Escrituras afetaram, sentimos humildade!", afirma. Dirigente da organização parceira na edificação da Gráfica da Bíblia, Milloy acredita que o feito mostra o que há de melhor na SBU: "uma visão profética, que enxerga necessidades e oportunidades, direcionando recursos de toda a Fraternidade e implementando de forma rápida e eficiente um plano que já gerou muito mais do que poderíamos imaginar!" Para ele, este é um verdadeiro marco, cuja conquista deve ser compartilhada entre a administração e funcionários da SBB.

"Neste momento, só podemos agradecer a Deus por ter levantado líderes que acreditaram neste projeto e às Sociedades Bíblicas irmãs que disponibilizaram recursos para que esta Gráfica pudesse ser construída e posta a funcionar", diz o diretor executivo da SBB, Rudi Zimmer. Ele lembra, ainda, os esforços de seu antecessor, Luiz Antonio Giraldi, que encabeçou o projeto, e também de funcionários da SBB. "Com dedicação e determinação, eles são os verdadeiros protagonistas dessa história", completa.

Instalada no município de Barueri (SP), no mesmo local onde está a Sede Nacional da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), a Gráfica da Bíblia constitui o maior parque gráfico destinado à impressão e encadernação das Escrituras Sagradas do mundo. Sua atividade é fundamental para cumprimento da missão da SBB, de disseminar a leitura e o conhecimento dos princípios bíblicos, já que dispõe de equipamentos de última geração que garantem qualidade e custos baixos.

Desde que foi inaugurada, em julho de 1995, até o dia 18 de novembro de 2008, a Gráfica da Bíblia contabilizou 69.183.050 volumes de Bíblias e 10.864.810 de NTs, totalizando 80.047.860 exemplares. Deste total, 20.618.712 exemplares (18.634.282 Bíblias e 1.984.430 NTs) foram exportados para 102 países. "Agradecemos a Deus que nos tem abençoado tanto, permitindo que façamos parte desta maravilhosa missão de produzir e distribuir a Palavra ao Mundo", reconhece o gerente-geral da Gráfica da Bíblia, Célio Emerique.

A SBB - A Sociedade Bíblica do Brasil é uma organização sem fins lucrativos, de natureza religiosa, social e cultural. Sua finalidade é traduzir, produzir e distribuir a Bíblia, um bem de valor inestimável, que deve ser disponibilizado a todas as pessoas. Além disso, por seu caráter social, desenvolve programas com o objetivo de promover o desenvolvimento espiritual, ético e social da população brasileira. Fundada em 1948, construiu sua trajetória com base na missão de "difundir a Bíblia e a sua mensagem a todas as pessoas e a todos os grupos sociais, como instrumento de transformação espiritual, de fortalecimento de valores éticos e morais e de desenvolvimento cultural e social".

A Gráfica da Bíblia é o maior centro de produção de Escrituras entre todos os membros das Sociedades Bíblicas Unidas, uma fraternidade mundial criada no início do século XIX com o objetivo de facilitar o processo de tradução, produção e distribuição das Escrituras Sagradas por meio de estratégias de cooperação mútua. As SBU congregam 145 Sociedades Bíblicas, atuantes em mais de 200 países e territórios. Essas entidades são orientadas pela missão de promover a maior distribuição possível de Bíblias, numa linguagem que as pessoas possam compreender e a um preço que possam pagar.

Postado por: Claudia Moraes

veja também