Grávida com grande tumor no útero manteve o bebê por causa da promessa de Deus

Natalie tinha um tumor que cresceu de 3 centímetros para 15 e precisava de uma cirurgia para extraí-lo junto com o útero.

fonte: Guiame, com informações do GOD TV

Atualizado: Quinta-feira, 25 Junho de 2020 as 9:21

Natalie e sua filha Heaven Faith. (Foto: Reprodução/GOD TV)
Natalie e sua filha Heaven Faith. (Foto: Reprodução/GOD TV)

Dois meses antes do casamento de Natalie, crises intensas de dor abdominal a levaram ao pronto-socorro. Mais tarde, ela descobriu que tinha um tumor fibroide de 3 centímetros no útero. No entanto, Natalie não fez muita diferença, já que o médico disse a ela que "as mulheres têm isso o tempo todo e que não é grande coisa".

Mas meses depois de seu casamento com Paul, aquilo começou a causar mais desconforto em seu corpo. Então Natalie foi à cirurgia para removê-la. Devido ao aumento do tumor, de 3 para 15 centímetros, o cirurgião disse que seria difícil removê-lo sem precisar tirar o útero também.

O casal decidiu interromper o procedimento. Mas o médico de Natalie insistiu que era a única opção para salvar sua vida.

"Não tenha nenhuma esperança de ter filhos. É impossível. E esse tumor precisa ser removido. É muito perigoso. Só precisamos fazer essa histerectomia'', disse o médico.

Natalie conta que ouvir essas palavras a enlouqueceu e ela decidiu consultar o Senhor.

“Eu estava com raiva. Eu não gostei que isso estivesse sendo tirado de mim. Fui imediatamente ao Senhor e disse: 'Deus, qual é a sua vontade nisso? O que você quer? O que você quer fazer?'”, disse Natalie a Deus.

Escolhendo a fé

Enquanto Natalie passava por um momento difícil, seu marido Paul a encorajou na fé: “Sabe, posso acreditar que o Senhor removerá esse tumor completamente. No entanto, ele fará. Você precisa decidir por que acreditar e eu vou acreditar com você".

Natalie diz que Deus lembrou a ela o Salmo 128, o mesmo versículo da Bíblia que foi lido em seu casamento. Ela procurou abriu a Bíblia na passagem e um verso se destacou.

“A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira à roda da tua mesa.” (Salmos 128:3)”. Natalie conta que ficou admirada e disse: “Isso é por mim! E a segurei [aquela palavra] e não a deixei ir”.

Mantendo o bebê apesar do tumor

Como resultado, Natalie recusou a histerectomia. Nos cinco anos seguintes, seu tumor continuou a crescer. Até o ponto, a massa estava pressionando seus órgãos, o que poderia causar insuficiência renal ou cardíaca.

Os médicos insistiam que ela precisava passar pelo procedimento. Até as pessoas a confundiram com a gravidez. Mas, apesar disso, ela continuou confiando na promessa de Deus.

"Estou acreditando em um milagre e estou esperando uma promessa. Deus me prometeu que eu teria um filho'', dizia ela.

“Tive momentos em que foi realmente difícil. E eu apenas me colocava diante do Senhor até ter paz de volta novamente. E quando cheguei a essa paz, fiquei tão confiante de que o Senhor estava na situação”, acrescentou.

Natalie continuava recebendo todo o apoio de Paul: "Não é fácil. Isso nunca é. Mas quando se está andando pela fé, e realmente o Senhor está fazendo isso através de você, menos e menos você realmente considera suas habilidades e apenas confia Nele”

Confiando em Deus

O casal sabia que precisava continuar confiando em Deus em meio às complicações da gravidez.

Natalie conta que um dia estava na igreja e seu pastor profetizou que ela teria um bebê. Então, em abril de 2011, o impossível se tornou realidade. Ela engravidou mesmo com o grande tumor presente em seu útero.

A gravidez de Natalie significava que sua vida e o bebê em seu ventre corriam alto risco.

O Dr. Douglas Montgomery explicou: “Perderíamos o bebê ou teremos um parto extremamente prematuro, ou teremos uma complicação médica de Natalie, onde não podemos continuar a gravidez, a vida dela está em risco, a vida do bebê é viável, precisamos entregar o bebê para salvar a vida de Natalie.”

Natalie lembrou que “mesmo que eu esteja entrando no natural, 'todas essas coisas vão acontecer com você, você vai morrer, não parece bom, não parece ...' O Senhor está me dizendo: 'Não. Você não vai morrer. Você é saudável, você está inteira”.

Então ela decidiu manter a gravidez, confiando em Deus apesar dos riscos e complicações. Natalie disse ao Dr. Douglas: "Eu não vou morrer. Eu não vim tão longe para que isso acabe assim. Na próxima vez em que você me vir, vou segurar meu bebê sem tumores."

Enquanto isso, Paul ficou ao lado de Natalie, jejuando e orando por sua esposa e seu filho ainda não nascido.

Cumprimento da promessa de Deus

Em 19 de outubro de 2011, Natalie e Paul finalmente receberam o cumprimento da promessa de Deus para eles. Heaven Faith Valcarcel nasceu através da cesariana.

“Ela era tão real, e era tão Deus. Foi muito surreal. Isso foi feito completamente por Sua promessa. Era impossível no natural, mas no espírito era possível”, relatou Natalie.

Dois meses após o nascimento do bebê Heaven, Natalie prosseguiu com o procedimento de histerectomia. O médico removeu seu tumor agora 8 quilos.

O Testemunho Vivo

“A parte mais notável disso foi a fé de Natalie, não durante uma gravidez, mas ainda entre 5 e 6 anos, e depois aceitar todos os comentários negativos que surgem com todos os riscos que ela teve. E encará-los. E estou realmente impressionado com o modo como Deus trabalhou através dela e trouxe isso - ela construiu minha fé durante isso”, testemunhou o médico.

Hoje, Heaven é uma menina saudável que ama a Jesus. Sua vida se tornou uma prova viva de que Deus ouve orações.

“Acreditamos em um Deus que fez melhor, e você sabe, ele fez isso em Jesus. E ele adiz: 'Apenas acredite em mim, apenas confie em mim, me veja, me conheça', porque não podemos fazer isso sozinhos”, disse Paul.

“Jesus é a resposta para tudo. E porque sei que posso confiar em Suas promessas, confiei nEle por todo o caminho. Ele é o único que pode fazer você passar por algo assim”, concluiu Natalie.

veja também