Grupo cristão distribui comida para moradores de rua

Grupo cristão distribui comida para moradores de rua

Atualizado: Segunda-feira, 10 Janeiro de 2011 as 10:46

Levar alimento físico e espiritual para moradores de ruas de Fortaleza. Este é o objetivo do Alimento Solidário, projeto desenvolvido pelos irmãos da IP de Fortaleza há três meses e que já tem alcançado vidas para Jesus.

Por meio da ação engajada de um grupo de, aproximadamente, 20 pessoas da igreja, atualmente cerca de 200 “quentinhas” têm sido distribuídas, às segundas-feiras, em ruas da capital cearense. “No início, conseguíamos preparar 70 refeições”, relembra a idealizadora da ação, dona Conceição Barreto.

Ela conta que sentiu no coração o desejo de fazer alguma coisa pelos moradores de rua, em especial, pelos catadores de lixo de sua cidade. “Compartilhei isso com outras pessoas e logo a ideia tomou corpo. Montamos uma equipe de 20 pessoas e demos início à atividade”, conta.

As comidas são preparadas na cozinha da própria igreja e o cardápio é variado. “Fazíamos canja, mas, ao perceber que outras pessoas já distribuíam esse prato, resolvemos incrementar nossas ‘quentinhas’. Hoje levamos baião de dois com linguiça, farofa, ovo cozido e macarronada de salsicha”, descreve Conceição que conta, ainda, que, na véspera de Natal, o menu incluiu um arroz de festa e refrigerantes.

As despesas para a produção dos pratos é rateada entre os voluntários. “Até aqui o Senhor tem nos ajudado”, testemunha ela. Diferencial – Mas não são só os quitutes preparados com carinho que são levados para as ruas. Além da comida saborosa, os voluntários do Alimento Solidário levam o amor de Cristo. “Aproveitamos a oportunidade para falarmos de Deus, cantamos louvores e oramos”, descreve a idealizadora da iniciativa.

Recentemente, num dos encontros que tiveram com os moradores de rua, o grupo os desafiou a estarem sóbrios na semana seguinte para ouvirem a Palavra de Deus. Conforme descrito no blog do grupo, ohttp://www.alimentosolidario.blogspot.com/, muitos atenderam ao pedido e se apresentaram “limpos” no novo encontro.

A meta, os próximos meses, é formar outros três grupos, com média de 20 integrantes, para atenderam a mais pessoas. Que Deus possa abençoá-los!  

veja também